Confederações: México arranca empate com Portugal nos acréscimos

Aos 46 minutos do segundo tempo, o time comandado por Juan Carlos Osório igualou o placar em gol de cabeça do zagueiro Hector Moreno

Na estreia da Copa das Confederações, Portugal e México empataram neste domingo por 2 a 2 em um  jogo emocionante, na Kazan Arena, um dos estádios escolhidos para sediar a Copa do Mundo de 2018, na Rússia.  A equipe europeia vencia até os 46 minutos do segundo tempo, quando os mexicanos reagiram e empataram a partida que estava prestes a acabar.

Portugal ficou duas vezes na frente, com gols do meia Quaresma (passe de Cristiano Ronaldo) e do lateral-direito Cedric, mas o time do técnico Juan Carlos Osorio, ex-São Paulo, buscou a igualdade com o atacante Chicharito Hernández, no primeiro tempo, e Hector Moreno, nos minutos finais. A partida contou com o uso do auxílio de vídeo em momento importante: na primeira etapa, com o placar ainda em 0 a 0, o zagueiro Pepe chegou a a fazer para os portugueses, mas o juiz anulou com o auxílio do árbitro de vídeo, que viu impedimento no lance do jogador.

Pelo Grupo A, as seleções estão empatadas na segunda colocação com 1 ponto, atrás da anfitriã Rússia, que venceu a última colocada Nova Zelândia no sábado. Na segunda rodada,  a seleção portuguesa encara a Rússia em Moscou e o México enfrenta a Nova Zelândia, em Sochi – ambos os jogos na quarta-feira.

O jogo

O início dos mexicanos foi melhor, com ritmo intenso. Mesmo assim, os portugueses fizeram o primeiro aos 33 minutos. Cristiano Ronaldo saiu em velocidade e, com calma, deu assistência para Quaresma, que ficou em frente a Ochoa. O camisa 20 ainda driblou o goleiro mexicano antes de finalizar. Antes do fim da primeira etapa, veio o empate. Aos 41, após falha do lateral Raphael Guerreiro, Vela ficou com a bola e cruzou na medida para Chicharito Hernández. O camisa 14, de cabeça, colocou nas redes e definiu o placar do intervalo: 1 a 1.

Na segunda etapa, o jogo seguiu com o México tendo mais posse de bola, mas sem chances claras. Sem muita inspiração, os times não criavam e partida ficou morna. Os técnicos começaram a fazer substituições, buscando melhorar o desempenho de seus times. Aos 34, Giovani dos Santos ainda assustou pelo lado do México, mas sem muito perigo. Quando parecia que o empate seria inevitável, os europeus marcaram.

Aos 40, o lateral Cedric foi oportunista e, em sobra na área, finalizou firme, no alto, superando o arqueiro mexicano para recolocar Portugal na frente. Mas aos 46 minutos, em cobrança de escanteio, Hector Moreno subiu e fez o gol de empate, superando o arqueiro português Rui Patrício com ótima cabeçada.

(Com Gazeta Press)