Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Confederações: Cristiano é liberado para conhecer filhos gêmeos

Atacante da seleção portuguesa confirmou ter sido pai pouco antes do torneio. Mãe das crianças não teve identidade revelada

Cristiano Ronaldo não participará da decisão de terceiro e quarto lugares da Copa das Confederações por um motivo mais do que nobre. Após a derrota de Portugal para o Chile nesta quarta-feira, o melhor jogador do mundo confirmou o que jornais ingleses já noticiavam há dias: Cristiano foi pai de gêmeos durante a competição na Rússia. Ele foi liberado pela federação portuguesa para conhecer as crianças.

As crianças nasceram dias antes do início do torneio na Rússia, mas Cristiano preferiu permanecer com a delegação portuguesa e adiar a visita aos filhos. “Estou muito feliz por poder, finalmente, estar com os meus filhos pela primeira vez”, escreveu Cristiano em suas redes sociais, pouco antes de a federação portuguesa enaltecer sua atitude.

“O atleta, apesar do nascimento dos filhos, fez questão de ficar ao serviço da seleção nacional, num gesto que devemos sublinhar e enaltecer. O Presidente da FPF e o selecionador nacional entendem que, na impossibilidade de chegar ao objetivo de vencer a Copa das Confederações, devem libertar o atleta para que este possa, finalmente, ir conhecer os seus filhos”, informou a federação portuguesa.

Cristiano Ronaldo não informou o sexo dos bebês. Segundo informações do jornal britânico Daily Mail, seriam um menino, Mateo, e uma menina, Eva. A mãe das crianças não teve identidade revelada, assim como a de Cristiano Júnior, seu primeiro filho, de sete anos. Cristiano Ronaldo namora a modelo espanhola Georgina Rodríguez que, segundo uma revista italiana, também estaria grávida de gêmeos.

A disputa do terceiro lugar acontece no domingo, às 9 horas (de Brasília), em Moscou. O adversário de Portugal será o perdedor do duelo entre México e Alemanha, que acontece nesta quinta.