Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Censura? Na China, Hulk é punido por defender colega Oscar

Além do atacante, técnico André Villas Boas e um atleta chinês foram suspensos por protestar publicamente contra a absurda punição ao meia brasileiro

A confusão envolvendo o brasileiro Oscar, do Shangai Sipg, segue rendendo na China e a federação local tomou mais uma medida vergonhosa nesta sexta-feira. Depois de suspender o ex-jogador do Chelsea por oito jogos – por ele ter simplesmente chutado a bola em adversários para ganhar um lateral, em jogada que causou briga generalizada -, a Associação Chinesa de Futebol puniu o atacante brasileiro Hulk, o chinês Wu Lei e o treinador português André Villas Boas por terem protestado publicamente contra a punição ao colega.

O trio recebeu suspensão de dois jogos e multa de 7.300 dólares (cerca de 24.000 reais). No último domingo, após a vitória por 4 a 1 sobre o Henan Jianye, Hulk e Lei posaram para as câmeras com camisetas com a mensagem “Nada a fazer, nada a declarar”. Já Villas Boas publicou em sua conta no Instagram uma foto de Oscar com a mensagem irônica: “355 jogos na carreira, 5 anos do Campeonato Inglês, 47 aparições na seleção brasileira; 70 gols; zero cartões vermelhos; 8 jogos suspenso”.

Além das punições individuais de Villas-Boas, Hulk e Wu, o clube terá de pagar uma multa de 14.000 dólares (aproximadamente 46.000 reais) por “abandono do dever”. As baixas no time podem afetar a permanência do Shangai Sipg entre as primeiras posições do Campeonato Chinês. Atual segundo colocado, o time está a quatro pontos do líder Guangzhou Evergrande, comandado por Luiz Felipe Scolari.

Entenda o caso

Oscar se envolve em confusão na China

O chute contra o adversário que valeu oito jogos de suspensão ao brasileiro Oscar (STR/AFP)

No último dia 18, no empate em 1 a 1 entre o Shangai e o Guagzhou R&F, uma jogada envolvendo Oscar deu início a uma confusão. O curioso é que brasileiro nada fez além de chutar a bola em cima de dois adversários para ganhar um lateral. Os rivais não gostaram do recurso do ex-jogador de São Paulo, Inter e Chelsea e partiram para a briga. O atacante chinês Chen Zizao, que passou pelo Corinthians entre 2012 e 2013, foi o primeiro a empurrá-lo. Oscar caiu no chão, sem reagir, e teve início um empurra-empurra entre vários atletas. 

A Associação de Futebol da China anunciou a suspensão de oito jogos ao brasileiro, além de multa de 40.000 yuanes (cerca de 19.000 reais) por “conduta anti-desportiva e contra a reputação do jogo”.  “O clube e o jogador devem ter uma profunda compreensão da dificuldade em desenvolver o futebol chinês e a importância de ter uma competição cultivada”, informou a federação em comunicado.

Zizao, por sua vez, foi suspenso por sete partidas. Fu Huan, companheira de Oscar, e Li Tixiang, do time adversário, receberam suspensões de seis e cinco jogos, respectivamente. Abaixo, o vídeo da confusão:

(com Estadão Conteúdo)