Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Brasileiro que joga no Catar é assassinado no Guarujá

Kendrick Costa jogava no Al-Gharafa e estava no Brasil para passar férias quando sofreu uma tentativa de assalto

O jogador brasileiro Johnson Kendrick Feliciano da Costa, de 24 anos, foi assassinado nesta sexta-feira no Guarujá, na Baixada Santista, durante uma tentativa de assalto. O caso foi encaminhado para o 2.º Distrito Policial da cidade do litoral paulista. Os responsáveis pelo crime ainda não foram identificados e ninguém foi preso.

Kendrick, como era conhecido, nasceu no Guarujá e morava no Oriente Médio havia sete anos e não chegou a jogar no Brasil. Passou pela Turquia e ocupava atualmente a posição de atacante no Al-Gharafa Sports Club, equipe tradicional do Catar. Jogou também no Muaither Sports Club, time da segunda divisão do país, onde se destacou e ajudou a colocar a equipe na divisão principal.

O atleta passava férias com familiares na região e voltaria para o Catar neste sábado. Segundo a polícia, o jogador estava em Vicente de Carvalho, distrito do município do Guarujá, quando foi abordado por um motociclista no bairro Sítio Paecara. O criminoso tentou roubar uma corrente e atirou no rosto da vítima. Não foi informado se o jogador tentou reagir. Após ser baleado, Kendrick foi socorrido e atendido no Pronto Socorro de Vicente de Carvalho, mas morreu antes de ser encaminhado ao hospital

(Com Estadão Conteúdo)

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Que infelicidade….. Porque tinha que horas ao Brasil?!?! Devia ter levado a família para passar férias com ele lá…viver no Brasil é isto!!!!!!!você sai às ruas, e tem 50% de chance de ser assassinado

    Curtir

  2. Social Democrata Nem Direita Nem Esquerda

    Meu Deus! Se tivesse ido passar férias na Líbia, estaria vivinho e seguro. Hoje viver no Oriente Médio é infinitamente mais seguro que viver no Brasil.Isso aqui acabou faz tempos. Não é PT?

    Curtir

  3. O país da corrupção e impunidade tb é o da violência!!!triste

    Curtir

  4. Estrêla e Estrêla

    E a esquerda adooooora. O Braisil é um país falido moralmente, com instituições corrompidas e uma total inversão de valores. Se Deus quiser, até 2018 estarei em outro país com meus filhos e não pretendo voltar nem a passeio

    Curtir