Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Ataque da seleção brilha na abertura da Liga dos Campeões

Neymar, Gabriel Jesus, Firmino e Taison marcaram gols na primeira rodada. Outros menos renomados, como Vitinho e Talisca, também balançaram as redes

O técnico Tite provavelmente gostou de ver o desempenho de seus convocados para a seleção brasileira na rodada de abertura da Liga dos Campeões da Europa nesta semana. Os quatro atacantes que vêm sendo chamados com mais frequência pelo treinador (Neymar, Gabriel Jesus, Firmino e Taison) marcaram gols, e o goleiro Alisson foi exaltado pela imprensa italiana ao salvar a Roma da derrota para o Atlético de Madri.

Mas não foram apenas os “figurões” que brilharam na competição europeia. Menos badalados do que seus compatriotas, Anderson Talisca e Vitinho também balançaram as redes nas vitórias de suas equipes.

Veja abaixo quem foram os jogadores brasileiros que brilharam na rodada de abertura da Liga dos Campeões nesta semana.

Neymar

Em sua estreia pelo Paris Saint-Germain na Liga dos Campeões da Europa, o camisa 10 da seleção brasileira fez o primeiro gol da equipe francesa sobre o Celtic, na goleada por 5 a 0 na terça-feira, em uma arrancada pelo lado esquerdo. Neymar, que mais uma vez teve uma boa atuação no PSG, ainda deu uma assistência de cabeça para o francês Kylian Mbappé anotar o segundo. O jogo foi válido pelo grupo B.

Gabriel Jesus

O primeiro jogo da carreira de Gabriel Jesus na Liga dos Campeões da Europa, nesta quarta-feira, foi para o jogador nunca mais esquecer. Jesus marcou o terceiro gol na goleada por 4 a 0 do Manchester City sobre o Feyenoord pelo grupo F, ao pegar rebote do goleiro Bradley Jones. A comemoração não poderia ser diferente, com sua pose “Alo, Mãe”, como se estivesse ao telefone com sua mãe, Vera.

Roberto Firmino

O alagoano de 25 anos balançou as redes, mas não deixou o estádio de Anfield plenamente satisfeito após o empate do Liverpool com o Sevilla por 2 a 2, pelo grupo E, na Inglaterra. Firmino fez o primeiro gol da equipe treinada por Jürgen Klopp aos 21 minutos do primeiro tempo, em conclusão dentro da área, mas desperdiçou um pênalti pouco depois. O erro custou a vitória.

Taison

O gaúcho de 29 anos é um dos nomes mais questionados nas convocações de Tite para a seleção brasileira, mas pelo menos nesta quarta-feira conseguiu justificar a confiança depositada pelo treinador. Taison abriu o placar na vitória do Shakhtar Donetsk sobre o Napoli por 2 a 1, na Ucrânia, pelo grupo F.

Alisson

O goleiro da seleção brasileira foi exaltado pela imprensa italiana após o empate da Roma contra o Atlético de Madri em 0 a 0 na capital italiana na terça-feira, pelo grupo C. Ao fazer quatro defesas difíceis, o gaúcho de 24 anos foi considerado o responsável por evitar a derrota do time romano. O desempenho rendeu a ele a alcunha de Super Alisson, dado por jornais locais, como a “Gazzetta dello Sport”.

Anderson Talisca

O baiano de 23 anos fez o primeiro gol do Besiktas sobre o Porto na vitória por 3 a 1 fora de casa, pelo grupo G. O atacante mostrou oportunismo ao finalizar um cruzamento de cabeça, mesmo bem marcado. Talisca é bastante conhecido no futebol português, pois atuou no Benfica, rival do Porto, entre 2014 e 2016.

Vitinho

Mostrando que tem moral dentro do elenco do CSKA Moscou, o ex-atacante do Botafogo e do Internacional foi o batedor de pênalti do time russo na estreia contra o Benfica, pelo grupo A, na terça-feira. E na única cobrança que surgiu na partida, o brasileiro não desperdiçou. O gol foi o primeiro na vitória por 2 a 1 sobre o time português, fora de casa.