Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

As façanhas de Panamá, Peru e Messi na voz dos narradores locais

Palavrões, choros e gritos de alívio marcaram as transmissões desta terça-feira pelas Eliminatórias da Copa do Mundo

As dramáticas classificações de Argentina, Panamá e Peru à Copa do Mundo de 2018 mereceram narrações especiais dos jornalistas de seus países. Nos canais argentinos, faltaram adjetivos para definir Lionel Messi após seus três gols em Quito. Em Lima, o gol de Paolo Guerrero pode colocar fim a uma espera que já dura mais de 30 anos – os peruanos ainda precisam passar pela repescagem diante da Nova Zelândia. A maior emoção, porém, veio do Panamá, que com um gol nos minutos finais chegou a um Mundial pela primeira vez em sua história, com direito a choro e muita festa dos narradores, atletas e torcedores. Confira, abaixo, os melhores vídeos:

Veja também

Loucura na América Central

No Panamá, a seleção local se garantiu pela primeira vez na Copa em um jogo alucinante. O time saiu perdendo da Costa Rica, buscou o empate com um gol “fantasma” (e completamente irregular, já que a bola não entrou) e virou o jogo nos minutos finais, com gol de Román Torres. A festa foi tanta que o presidente do país, Juan Carlos Varela, decretou feriado nacional após a façanha.

‘Messi, te amo, gênio’

Na Argentina, os três gols de Lionel Messi foram intensamente celebrados. Os narradores locais não tinham palavras para descrever a genialidade do ídolo, que conduziu o atual vice-campeão mundial, que corria o grande risco de não se classificar, a mais uma Copa. Sobrou até um “Te amo, gênio” para o craque.

Guerrero, herói nacional

Já os peruanos, que agradeceram ao Brasil pela vitória que ajudou a tirar o Chile e confirmar sua participação na repescagem, também se exaltaram. O gol da classificação foi de Paolo Guerrero, marcado em um tiro livre indireto que desviou no goleiro David Ospina. A última Copa disputada pelo Peru foi em 1982, na Espanha.