Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Após queda na Copa do Brasil, Coritiba demite Carpegiani

Carpegiani é o primeiro técnico demitido nesta temporada por um dos 20 clubes que vão disputar o Campeonato Brasileiro

O técnico Paulo César Carpegiani não resistiu ao começo ruim de temporada do Coritiba, que incluiu a eliminação precoce na Copa do Brasil. Nesta segunda-feira, a diretoria do time paranaense anunciou a demissão do treinador. O auxiliar técnico Rodrigo Carpegiani também foi desligado da comissão.

“Em nome da diretoria administrativa quero agradecer ao Carpegiani pelo trabalho realizado ano passado e este ano. Foram meses de dedicação e profissionalismo que deixarão lições para o clube”, afirmou o presidente do Coritiba, Rogério Portugal Bacellar.

Carpegiani é o primeiro técnico demitido nesta temporada por um dos 20 clubes que vão disputar o Campeonato Brasileiro. E como o seu substituto não foi definido, o time será dirigido pelos membros da comissão técnica permanente no clássico desta quarta-feira com o Atlético, pelo Campeonato Paranaense, que foi adiado em razão de problemas envolvendo os seus direitos de transmissão.

Nessa passagem pelo Coritiba, Carpegiani acumulou dez vitórias, dez empates e 11 derrotas. O treinador conseguiu evitar o rebaixamento do time no Brasileirão de 2016 – fechou o torneio em 15º lugar -, mas em 2017 a equipe ocupa apenas o sexto lugar no Campeonato Paranaense. Além disso, na última quinta-feira, foi eliminado pelo ASA na segunda fase da Copa do Brasil.

No revés por 2 a 0, no Couto Pereira, Carpegiani igualou Tim como o quarto técnico que mais vezes dirigiu o Coritiba, com 126 jogos. Ele está atrás apenas de Felix Magno (201), Dirceu Krüger (185) e Marcelo Oliveira (131).