Participação do Brasil nos Jogos

Bronze

Manuel dos Santos Jr. - Natação, 100m nado livre

Manuel: recordista nos 100m

1960
Roma, Itália
XVII Jogos Olímpicos

  • Países: 83
  • Atletas homem: 4738
  • Atletas mulher: 537
  • Modalidaddes: 17
  • Brasil: 39º posição

Medalhistas

Manuel dos Santos Júnior nasceu em Guararapes, no interior de São Paulo, no dia 22 de fevereiro de 1939. A natação o transformou em um recordista mundial de sua especialidade, a prova dos 100 metros livre. Foi nela, também, que conquistou a medalha de bronze para o Brasil, nos Jogos de Roma, em 1960. Uma medalha que poderia ter sido de ouro, afinal, naquele dia 27 de agosto, no Stadio del Nuoto, à primeira vista, a impressão dos juízes foi de um triplo empate entre o brasileiro, o americano Lance Larson e o australiano John Devitt. Depois de muita discussão, o australiano foi anunciado vencedor, embora tenha feito o mesmo tempo do americano (55s2). Manuel dos Santos ficou em terceiro, com 55s4, com apenas dois décimos de segundo a mais.

Pouco antes de chegar a Roma, Manuel, atleta de origem portuguesa, havia participado dos Jogos Luso-Brasileiros. Nessa competição, os atletas nadavam em piscina de água fria, e Manuel contraiu uma forte amigdalite. Mesmo com a garganta inflamada, na manhã da prova que o consagrou ele não mudou sua rotina: acordou cedo, fez ginástica, nadou 100 metros, bateu 200 metros de pernas, deu dois tiros de 25 metros, treinou saída e virada e nadou outros 200 metros. Tudo pela manhã. Almoçou, dormiu e fez massagem. À noite, antes da final, nadou 500 metros e cruzou a piscina em mais dois percursos de 25 metros. Por fim, e apesar do problema de saúde, cumpriu uma prova quase perfeita, que o colocou para sempre na história das participações olímpicas brasileiras. Um ano depois, em 20 de setembro de 1961, Manuel dos Santos registrou o novo recorde mundial dos 100 metros nado livre, com 53s6.

 

Serviços

 

Assinaturas



Editora Abril Copyright © Editora Abril S.A. - Todos os direitos reservados