SXSW

Começa o maior festival geek do mundo 

Austin, no Texas, vira capital das tendências e recebe 50.000 pessoas ao longo dos próximos dez dias. O objetivo: debater o futuro da tecnologia na rede

Renata Honorato, de Austin
SXSW: evento anual em Austin, no Texas, reúne jovens engenheiros empreendedores

SXSW: evento anual em Austin, no Texas, reúne jovens engenheiros empreendedores (CC/Flickr Dave_B_/VEJA)

O SXSW surgiu em 1987 como um festival de música. A área de tecnologia só entrou para o calendário em 1994

Uma vez por ano, a pacata Austin, que cresceu em torno da Universidade do Texas, vira notícia em todo o mundo. Durante o festival South by Southwest, conhecido como SXSW, milhares de jovens se encontram para discutir o futuro das novas tecnologias na internet. A edição deste ano, que começa nesta sexta-feira, reúne 50.000 pessoas de todo o planeta, das quais ao menos 20.000 se registraram apenas para a área "Interactive", focada em mobilidade, games e redes sociais. Os demais cadastrados se dividem nas duas outras áreas complementares: cinema e música.       

O SXSW surgiu em 1987 como um festival de música. A área de tecnologia só entrou para o calendário em 1994. Nos últimos anos, contudo, esse recorte do encontro cresceu exponencialmente e chegou a ganhar mais destaque do que a música, que deu origem ao evento.

Diferente de outros encontros da área de tecnologia, geralmente organizados em um espaço único, o SXSW acontece em toda Austin. Embora fique centralizado no Convention Center, no centro da cidade, as palestras acontecem em hotéis e bares da região. 

Os aplicativos, a tecnologia móvel e as redes sociais continuam em alta. Um dos destaques do evento, conhecido por mostrar ao mundo candidatos ao próximo Twitter ou Facebook, no entanto, será Vic Gundotra, o grande responsável pela aposta social do Google: o Google +. Durante a sua concorrida palestra, ele vai falar sobre o futuro do projeto e sobre os erros e acertos da companhia nessa nova empreitada colaborativa. 

Mas como o objetivo da SXSW é prever o dia de amanhã, o número de pensadores da rede é grande ao longo dos cinco dias dedicados à internet. Entre os convidados do evento estão Jane McGonigal, autora do livro Reality Is Broken, e especialista em gamificação; Lee Shupp, entusiasta da biotecnologia; Biz Stone, cofundador do Twitter e COO da The Obvious Corporation; Ray Kurzweil, autor do livro The Singularity Is Near; Jaron Lanier, acadêmico que defende a ideia de que a internet está nos emburrecendo; e Ben Silbermann, cofundador do Pinterest, a rede social do momento.    

Há ainda espaço para as novas startups de tecnologia, que durante o encontro mostrarão aos influentes visitantes seus produtos e serviços inovadores. Nada garante o sucesso de alguns deles, mas existem grandes possibilidades de que uma empresa presente no SXSW se torne o próximo fenômeno da rede. Em 2007, o Twitter passou por Austin. Em 2008, o Facebook. Em 2009, o Foursquare. Qual será a grande promessa de 2012?

O espírito empreendedor desses jovens e suas incansáveis mentes criativas conquistaram gigantes do setor, como IBM, Microsoft, Mozilla, Google, AT&T, entre outras. Todas essas empresas estarão presentes nesta edição da SXSW para debater o futuro de seus segmentos.

Assinaturas



Editora Abril Copyright © Editora Abril S.A. - Todos os direitos reservados