Propriedade intelectual

AOL venderá patentes à Microsoft por 1,05 bi de dólares

Portfólio da empresa trata de aplicativos de propaganda, geração de conteúdo, redes sociais e tecnologia de mapeamento

Microsoft irá adquirir mais de 800 patentes da AOL

Microsoft irá adquirir mais de 800 patentes da AOL (Rick Wilking/Reuters/VEJA)

A AOL concordou nesta segunda-feira em vender um pacote com mais de 800 patentes – juntamente com uma licença não exclusiva para o restante do seu portfólio de patentes – para a Microsoft. O valor do acordo, que deve ser concluído até o final do ano, é de 1,056 bilhão de dólares.

"O acordo com a Microsoft representa o fim de um ousado processo de leilão para o nosso portfólio de patentes", disse Tim Armstrong, executivo-chefe da AOL. "Esse é um portfólio valioso que nós estamos acompanhando há anos e analisando detalhadamente há alguns meses", afirmou Brad Smith, integrante do conselho geral da Microsoft.

A disputa por propriedade intelectual está esquentando na área tecnológica. O Yahoo entrou com um processo por violação de patentes contra a rede social Facebook e a empresa de Mark Zuckerberg respondeu fazendo o mesmo. O Google, para evitar que seu sistema Android para celulares fosse alvo de ações judiciais dos concorrentes, concordou em comprar a Motorola Mobility por cerca de 12,5 bilhões de dólares – ganhando acesso às de patentes de telecomunicações da companhia. A carteira de patentes da Nortel Networks também está sendo disputada por várias empresas.

A AOL anunciou que planeja repassar aos acionistas parte do dinheiro da venda. Na manhã desta segunda-feira, as ações da companhia subiram 31,65% no mercado de Nova York, enquanto os papéis da Microsoft recuaram 0,89%. A coleção da AOL contém patentes que tratam de aplicativos de propaganda, pesquisa, geração de conteúdo, redes sociais e tecnologia de mapeamento.

(Com Agência Estado)

Assinaturas



Editora Abril Copyright © Editora Abril S.A. - Todos os direitos reservados