Hábitos alimentares

O que bebemos durante as refeições determina opção por alimentos saudáveis

Segundo pesquisa, pessoas que bebem água comem mais vegetais, enquanto refrigerantes são mais associados a alimentos calóricos

Beber água durante refeição aumenta chance de crianças se alimentarem mais de vegetais

Beber água durante refeição aumenta chance de crianças se alimentarem mais de vegetais (stock.xchng/Grosby Group)

Aquilo que bebemos durante as refeições pode influenciar na escolha e na quantidade dos alimentos que comemos. De acordo com estudo realizado por pesquisadores das Universidades de Oregon e do estado de Michigan, nos Estados Unidos, enquanto quem bebe refrigerante escolhe mais alimentos calóricos, a água está associada a mais vegetais ingeridos.

CONHEÇA A PESQUISA

Título original: Contingent Choice: Exploring the Relationship Between Sweetened Beverages and Vegetable Consumption

Onde foi divulgada: periódico Appetite

Quem fez: Bettina Cornwella e Anna McAlisterb

Instituição: Universidades de Oregon e do Estado de Michigan, nos Estados Unidos

Dados de amostragem: 60 jovens de 19 a 23 anos e 75 crianças de 3 a 5 anos

Resultado: Adultos comem mais alimentos calóricos do que vegetais quando bebem refrigerante; e crianças comem mais vegetais quando bebem água do que quando bebem refrigerante.

A pesquisa se dividiu em duas partes. Em uma delas, foram avaliados os hábitos alimentares de 60 americanos de 19 a 23 anos. Na outra etapa do estudo, 75 crianças com idades entre três e cinco anos participaram de testes para que os especialistas avaliassem o papel das bebidas no consumo de vegetais. A equipe observou que, quando os adultos bebiam refrigerantes, eles comiam mais alimentos calóricos e ricos em sal do que vegetais. As crianças, por outro lado, se alimentavam mais de vegetais quando bebiam água, em comparação com quando consumiam refrigerantes ou outra bebida com açúcar.

Como explica Bettina Cornwell, uma das autoras do estudo, essa pesquisa sugere que, se as pessoas deixassem de beber refrigerante durante as refeições, talvez seus hábitos alimentares melhorassem, e muito, a longo prazo. Isso poderia ser conquistado, segundo a pesquisadora, com uma mudança na atitude dos pais, por exemplo. “A preferência de uma pessoa por determinado sabor ou tipo de comida é fortemente influenciada pela exposição repetida aos alimentos e pelos hábitos desenvolvidos em casa”, diz. "Se a bebida sobre a mesa define a probabilidade de um indivíduo comer vegetais, então talvez seja hora de fazer com que essa bebida seja a água".

Assinaturas



Editora Abril Copyright © Editora Abril S.A. - Todos os direitos reservados