Mais Lidas

  1. Presidente do Conselho de Ética desafia Cunha e vira alvo de denúncia na Câmara

    Brasil

    Presidente do Conselho de Ética desafia Cunha e vira alvo de...

  2. Reale defende impeachment no Senado: 'Crime de responsabilidade sem punição é golpe'

    Brasil

    Reale defende impeachment no Senado: 'Crime de responsabilidade sem...

  3. MG: oposição entra com recursos contra nomeação da mulher de Pimentel

    Brasil

    MG: oposição entra com recursos contra nomeação da mulher de Pimentel

  4. Ex-BBB Ana Paula elogia (e envelhece) Patrícia Poeta: 'A senhora arrasa'

    Entretenimento

    Ex-BBB Ana Paula elogia (e envelhece) Patrícia Poeta: 'A senhora...

  5. Janaína Paschoal: 'Foram anos de falsidade ideológica na nossa cara'

    Brasil

    Janaína Paschoal: 'Foram anos de falsidade ideológica na nossa cara'

  6. Atriz de ‘50 Tons’ se diz ‘entediada’ após gravar cenas de sexo por sete horas

    Entretenimento

    Atriz de ‘50 Tons’ se diz ‘entediada’ após gravar cenas de sexo por...

  7. Pagamento de propina era 'modelo de negócio' da Odebrecht, diz procurador da Lava Jato

    Brasil

    Pagamento de propina era 'modelo de negócio' da Odebrecht, diz...

  8. Marcela Temer: bela, recatada e “do lar”

    Brasil

    Marcela Temer: bela, recatada e “do lar”

Especialista tira dúvidas sobre o refluxo gastroesofágico

Problema atinge entre 20% e 30% da população mundial

O refluxo gastroesofágico acontece quando o conteúdo do estômago volta para o esôfago, provocando incômodo, dor, inflamação e até problemas mais graves, como o câncer. Isso acontece quanto uma espécie de válvula que fica no esôfago, que impede a volta do conteúdo ácido do estômago, não funciona corretamente. Alguns alimentos, em especial os que deixam a digestão mais lenta, e bebidas alcoólicas podem agravar a situação. A dor e a ardência são os sintomas mais evidentes, mas muitas vezes o paciente até vomita. Felizmente, há várias alternativas para tratar o problema, de medicamentos a procedimentos cirúrgicos. José Alves Galvão, presidente da Federação Brasileira de Gastroenterologia (FBG), explica mais sobre a doença nos vídeos abaixo.

TAGs:
Pergunte ao Médico