Mais Lidas

  1. Exclusivo: delator revela caminho das propinas para operador de Renan e do PMDB

    Brasil

    Exclusivo: delator revela caminho das propinas para operador de...

  2. Andréa de Nóbrega deixa Carlos Alberto e 'A Praça É Nossa'

    Entretenimento

    Andréa de Nóbrega deixa Carlos Alberto e 'A Praça É Nossa'

  3. Moro reabre ação que envolve executivos da Andrade Gutierrez

    Brasil

    Moro reabre ação que envolve executivos da Andrade Gutierrez

  4. Campanha de Dilma recebeu R$ 2 mi de investigada na Boca Livre

    Brasil

    Campanha de Dilma recebeu R$ 2 mi de investigada na Boca Livre

  5. Ciro defende 'sequestrar' Lula em caso de pedido de prisão

    Brasil

    Ciro defende 'sequestrar' Lula em caso de pedido de prisão

  6. Patricia Abravanel bate na África e apanha nas redes

    Entretenimento

    Patricia Abravanel bate na África e apanha nas redes

  7. Defesa pede suspensão da investigação e revogação da prisão de Paulo Bernardo

    Brasil

    Defesa pede suspensão da investigação e revogação da prisão de...

  8. Pelados no trabalho: meme na Bielorrússia espalhou 'nudes' nas redes sociais

    Mundo

    Pelados no trabalho: meme na Bielorrússia espalhou 'nudes' nas...

Obama aprova novas sanções contra a Coreia do Norte

- Atualizado em

Kim Jong-Un observa lançamento de foguete na Coreia do Norte
Kim Jong-Un observa lançamento de foguete na Coreia do Norte(Reprodução/Reuters)

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, aprovou um projeto de lei que impõe novas sanções contra a Coreia do Norte, em resposta ao recente lançamento de um foguete e a um teste nuclear do país no início do ano.

O projeto obteve apoio maciço do Congresso no início do mês - foi aprovado com 408 votos a favor e apenas dois contra e respaldado por unanimidade no Senado. Entre as sanções estão o congelamento de ativos e a proibição de viagem a qualquer pessoa que esteja envolvida em transações financeiras que apoiem indústrias norte-coreanas, como a nuclear ou de armamento, ou que tenha de alguma forma impacto nas violações de direitos humanos ou em ataques cibernéticos. O projeto também prevê destinar 50 milhões de dólares ao longo de cinco anos para transmitir emissões de rádio no território norte-coreano e apoiar programas de ajuda humanitária.

Leia mais:

Congresso dos EUA aprova novas sanções contra Coreia do Norte

(Com Estadão Conteúdo)

TAGs:
Coreia do Norte
Barack Obama
Estados Unidos