Mais Lidas

  1. Temer revoga decreto de Dilma e restitui poder às Forças Armadas

    Brasil

    Temer revoga decreto de Dilma e restitui poder às Forças Armadas

  2. Como o médium João de Deus venceu o câncer

    Brasil

    Como o médium João de Deus venceu o câncer

  3. Funaro ameaçou atear fogo em casa de delator com os filhos dentro, diz PGR

    Brasil

    Funaro ameaçou atear fogo em casa de delator com os filhos dentro,...

  4. PF descobre laços impróprios entre Toffoli e empreiteiro do petrolão

    Brasil

    PF descobre laços impróprios entre Toffoli e empreiteiro do petrolão

  5. Advogada liga Toffoli e Gilberto Carvalho a máfia do DF

    Brasil

    Advogada liga Toffoli e Gilberto Carvalho a máfia do DF

  6. Justiça manda Cachoeira e Cavendish para prisão domiciliar

    Brasil

    Justiça manda Cachoeira e Cavendish para prisão domiciliar

  7. Doleiro diz ter vídeos que provam negociação de propinas para PMDB

    Brasil

    Doleiro diz ter vídeos que provam negociação de propinas para PMDB

  8. Muro da mansão de Zuckerberg no Havaí irrita moradores locais

    Mundo

    Muro da mansão de Zuckerberg no Havaí irrita moradores locais

Exército sírio retoma controle de Palmira e expulsa EI

Retomada da cidade com o auxílio de ataques aéreos russos marca uma das maiores derrotas do grupo jihadista no conflito

- Atualizado em

Explosão do Templo de Baal, em Palmira, na Síria
Explosão do Templo de Baal, em Palmira, na Síria(Reprodução/Twitter/VEJA.com)

Forças do governo sírio retomaram o controle da cidade de Palmira neste domingo e expulsaram o grupo terrorista Estado Islâmico do local, após semanas de combate. A vitória do Exército da Síria foi confirmada pela imprensa estatal e pelo principal grupo que monitora o conflito na Síria, o Observatório Sírio dos Direitos Humanos (OSDH).

A retomada de Palmira marca o maior revés para o Estado Islâmico na Síria desde que a intervenção russa mudou a maré do conflito de cinco anos em favor do presidente Bashar Assad.

Patrimônio da Humanidade pela Unesco por suas ruínas datadas da época do Império Romano, a cidade de Palmira estava sob controle do Estado Islâmico desde maio do ano passado. Durante a ocupação, os jihadistas destruíram diversos monumentos milenares e executaram o arqueólogo responsável pelo sítio arqueológico. Além de sua importância histórica, Palmira também é estratégica no conflito por ligar a capital síria Damasco ao território iraquiano. A cidade também está na rota para Raqqa, um dos principais redutos do Estado Islâmico.

O comando do Exército da Síria afirmou que as forças do regime de Bashar Assad conquistaram Palmira com o apoio de ataques aéreos russos. O governo sírio pretendo agora usar a cidade como base para operações militares contra outras regiões dominadas pelo Estado Islâmico no leste do país, como Raqqa e Deir al-Zor.

(Com agência Reuters)

TAGs:
Síria
Estado Islâmico do Iraque e do Levante (eiil)