Mais Lidas

  1. Janaina Paschoal: rotina de isolamento pós-impeachment

    Brasil

    Janaina Paschoal: rotina de isolamento pós-impeachment

  2. Polícia caça suspeitos de estupro coletivo no  Rio

    Brasil

    Polícia caça suspeitos de estupro coletivo no Rio

  3. Em gravação, ministro da Transparência faz crítica à Lava Jato e dá conselho a Renan

    Brasil

    Em gravação, ministro da Transparência faz crítica à Lava Jato e dá...

  4. Renan Ribeiro, do 'The Voice', morre em acidente de carro

    Entretenimento

    Renan Ribeiro, do 'The Voice', morre em acidente de carro

  5. "Quando encontrar meu corpo, avise meu marido e minha filha"

    Mundo

    "Quando encontrar meu corpo, avise meu marido e minha filha"

  6. Gorila é morto após menino cair em jaula de zoológico nos EUA

    Mundo

    Gorila é morto após menino cair em jaula de zoológico nos EUA

  7. Sonia Abrão abandona programa após ouvir choro

    Entretenimento

    Sonia Abrão abandona programa após ouvir choro

  8. Família de jovem vítima de estupro coletivo no Rio dispensa advogada

    Brasil

    Família de jovem vítima de estupro coletivo no Rio dispensa advogada

Exército sírio retoma controle de Palmira e expulsa EI

Retomada da cidade com o auxílio de ataques aéreos russos marca uma das maiores derrotas do grupo jihadista no conflito

- Atualizado em

Explosão do Templo de Baal, em Palmira, na Síria
Explosão do Templo de Baal, em Palmira, na Síria(Reprodução/Twitter/VEJA.com)

Forças do governo sírio retomaram o controle da cidade de Palmira neste domingo e expulsaram o grupo terrorista Estado Islâmico do local, após semanas de combate. A vitória do Exército da Síria foi confirmada pela imprensa estatal e pelo principal grupo que monitora o conflito na Síria, o Observatório Sírio dos Direitos Humanos (OSDH).

A retomada de Palmira marca o maior revés para o Estado Islâmico na Síria desde que a intervenção russa mudou a maré do conflito de cinco anos em favor do presidente Bashar Assad.

Patrimônio da Humanidade pela Unesco por suas ruínas datadas da época do Império Romano, a cidade de Palmira estava sob controle do Estado Islâmico desde maio do ano passado. Durante a ocupação, os jihadistas destruíram diversos monumentos milenares e executaram o arqueólogo responsável pelo sítio arqueológico. Além de sua importância histórica, Palmira também é estratégica no conflito por ligar a capital síria Damasco ao território iraquiano. A cidade também está na rota para Raqqa, um dos principais redutos do Estado Islâmico.

O comando do Exército da Síria afirmou que as forças do regime de Bashar Assad conquistaram Palmira com o apoio de ataques aéreos russos. O governo sírio pretendo agora usar a cidade como base para operações militares contra outras regiões dominadas pelo Estado Islâmico no leste do país, como Raqqa e Deir al-Zor.

(Com agência Reuters)

TAGs:
Síria
Estado Islâmico do Iraque e do Levante (eiil)