Estados Unidos

Estados Unidos

Fuzileiro naval é expulso por criticar Obama no Facebook

Militar há 9 anos e veterano da guerra do Iraque, o sargento Gary Stein chamou presidente americano de 'covarde' e 'inimigo da política e da economia' do país

Obama é 'covarde' e 'inimigo da política e da economia', diz Gary Stein

Obama é 'covarde' e 'inimigo da política e da economia', diz Gary Stein (Brendan Smialowski / AFP)

Um sargento do Corpo de Fuzileiros Navais dos Estados Unidos foi expulso das Forças Armadas e simbolicamente rebaixado a soldado raso por fazer duras críticas ao presidente Barack Obama no Facebook. O sargento Gary Stein, de 26 anos, foi "desvinculado por razões não-honrosas", afirmou comunicado.

Militar há nove anos e veterano da guerra do Iraque, Stein chamou o presidente dos Estados Unidos de covarde e inimigo da política e da economia. O sargento foi afastado de suas obrigações por ter cometido "uma falta grave de conduta, longe da esperada dos marines." 

Em um dos sites que promovia, Stein também vendia adesivos com os dizeres "NOBAMA 2012" (Não a Obama 2012). Ele também administrava uma página chamada "Tea Party das Forças Armadas", em apoio ao grupo ultraconservador de mesmo nome.

(Com agência France-Presse)

Assinaturas



Editora Abril Copyright © Editora Abril S.A. - Todos os direitos reservados