Animais

Morre o cão mais velho do mundo, com 125 'anos humanos'

Pusuke, da raça shiba inu, tinha 26 anos e 9 meses - e estava no livro Guinness

Reprodução

O cão mais velho do mundo, Pusuke, da raça shiba inu, que morreu na segunda-feira, no Japão

Pusuke com a dona

Pusuke, o cachorro mais velho do mundo segundo o livro Guinness dos recordes, morreu na segunda-feira em Sakura, na província japonesa de Tochigi, aos 26 anos e 9 meses de idade, informou a agência de notícias japonesa Kyodo nesta terça. Nascido em 1º de abril de 1985, Pusuke, um macho da raça shiba inu, tinha o equivalente a 125 anos de um ser humano. "Acho que ele esperou até eu chegar para se despedir", disse Yumiko Shinohara, sua dona. Segundo a mulher, o cachorro mostrava seu habitual bom apetite e realizou seu passeio diário no dia anterior, embora na manhã de segunda-feira tenha se negado a comer. Em 2008, Pusuke ficou à beira da morte após ser atropelado, mas conseguiu se recuperar depois de passar por uma cirurgia. A organização do Guinness reconheceu o cachorro japonês como o mais velho do mundo em dezembro de 2010, após verificar tanto seus documentos de vacinação como o registro municipal de animais. Pusuke, porém, não é o cão mais velho de que se tem notícia - o recorde é de 29 anos.

(Com agência EFE)

Assinaturas



Editora Abril Copyright © Editora Abril S.A. - Todos os direitos reservados