- Atualizado em

  • Voltar ao início

  • Todas as imagens da galeria:


Apresentado durante o Salão do Automóvel de São Paulo, em outubro, a versão flex do utilitário esportivo Tucson acaba de desembarcar nas concessionárias do país. Com visual já envelhecido, o SUV da Hyundai equipado com sistema flex - capaz de aceitar gasolina e etanol em qualquer proporção - custa a partir de 67.500 reais - mesmo preço cobrado pela versão movida apenas a gasolina e que deve continuar sendo oferecida -, podendo chegar a 75.000 reais caso esteja equipado com o novo sistema multimídia.

Leia também:

A marca Lincoln ressuscita, de olho no mercado de luxo

EcoSport ganha câmbio automático e tração 4x4: preços vão de R$ 63.390 a R$ 74.590

Test drive: o novo EcoSport, todo novo mesmo, e bem melhor

O utilitário montado em Anápolis, em Goiás, em regime de CKD (as peças são enviadas separadamente para que sejam montadas no país de destino), tem mais novidades. Combalido nas vendas diante da chegada do Renault Duster, no fim do ano passado, e da nova geração do Ford EcoSport, em agosto, o Tucson passa a vir equipado com dispositivo eletrônico de monitoramento da pressão dos pneus: se estiverem descalibrados, o motorista é avisado por meio de alertas no painel de instrumentos.

Leia também:

As últimas informações sobre lançamentos, recall, test drives e mercado

Nos carros, o branco nunca sai de moda, diz pesquisa

Mini Cooper S Roadster: o prazer de dirigir sem capota

A versão movida apenas a gasolina vem equipada com um bloco 2.0 16V é capaz de gerar 143 cavalos de potência e 18,8 kgfm de torque. Além de rádio e CD/MP3 player, a nova central multimídia do Tucson Flex vem equipada com tela de LCD sensível ao toque, navegador GPS, DVD player, câmera de ré e entradas USB e para tocador Apple iPod. O pacote de equipamentos de série é bem completo e inclui ar-condicionado, bancos revestidos com couro, direção hidráulica, trio elétrico (vidros, travas e espelhos retrovisores externos elétricos), airbag duplo frontal e freios assistidos por ABS e distribuidor eletrônico de frenagem EBD. A versão flex virá apenas com câmbio automático de quatro marchas. A garantia, assim como a do Tucson a gasolina, é de cinco anos, sem limite de quilometragem.

TAGs:
Carro
Hyundai