Mais Lidas

  1. Ex de Susana Vieira vira garçom e vende artesanato na web

    Entretenimento

    Ex de Susana Vieira vira garçom e vende artesanato na web

  2. Clientes de restaurante vegano descobrem que donos comem carne e se revoltam

    Mundo

    Clientes de restaurante vegano descobrem que donos comem carne e se...

  3. Governistas já ensaiam discurso de oposição - e cobram até redução de ministérios

    Brasil

    Governistas já ensaiam discurso de oposição - e cobram até redução...

  4. Suzane Richthofen deixa cadeia em saída do Dia das Mães

    Brasil

    Suzane Richthofen deixa cadeia em saída do Dia das Mães

  5. Atriz revela ser dublê de corpo do nude de Maitê Proença

    Entretenimento

    Atriz revela ser dublê de corpo do nude de Maitê Proença

  6. STF arquiva acusação de Delcídio contra Dilma por caso Pasadena

    Brasil

    STF arquiva acusação de Delcídio contra Dilma por caso Pasadena

  7. Falta uma semana para descermos a rampa com Dilma, diz ex-ministro

    Brasil

    Falta uma semana para descermos a rampa com Dilma, diz ex-ministro

  8. Justiça de SP envia a Moro pedido de prisão de Lula

    Brasil

    Justiça de SP envia a Moro pedido de prisão de Lula

UFC: Weidman x Lyoto é remarcado para o dia 5 de julho

Campeão dos médios sofreu lesão no joelho e vai precisar de cirurgia

- Atualizado em

UFC 168: Anderson Silva x Chris Weidman
O americano Chris Weidman é o atual detentor do cinturão do peso médio(Donald Miralle/Zuffa LLC/Getty Images/VEJA)

O UFC anunciou nesta segunda-feira que o campeão dos médios Chris Weidman sofreu uma lesão no joelho e vai precisar de uma pequena intervenção cirúrgica. Assim, a luta do americano contra o brasileiro Lyoto Machida, pelo UFC 173, na MGM Grand Garden Arena, em Las Vegas, agendada para 24 de maio, foi remarcada para 5 de julho, no mesmo local - pelo UFC 175.

Para suprir a ausência do confronto entre Weidman e Machida, o UFC terá de escolher uma nova luta principal para o evento de maio, que conta com o peso-pesado Junior Cigano enfrentado o americano Stipe Miocic.

Leia também:

UFC Natal: Henderson vence, quebrando nariz de Shogun

Maurício Shogun e Henderson reeditam duelo lendário

Natal: torcida tenta intimidar estrangeiros na pesagem

Cigano é escalado para o card de Machida x Weidman​

Anderson fecha com agência de Woody Allen e Pacino

'Desisti do TRT, mas não da luta', afirma Vitor Belfort

A defesa de cinturão de Weidman - a primeira desde a segunda vitória sobre Anderson Silva, em dezembro de 2013 - foi marcada inicialmente contra Vitor Belfort. No entanto, a Comissão Atlética de Nevada, e posteriormente o próprio UFC, vetou o uso do tratamento de reposição de testosterona, conhecido pela sigla TRT, e o brasileiro, que faz uso da recomposição hormonal, foi retirado da luta. Em seu lugar, o UFC decidiu apostar em outro brasileiro, e o carateca Lyoto Machida passou a ser o desafiante ao cinturão.

TAGs:
Chris Weidman
UFC