- Atualizado em

O campeão de peso médio, Anderson Silva, acerta o japonês Yushin Okami, durante o UFC Rio de Janeiro
O campeão de peso médio, Anderson Silva, acerta o japonês Yushin Okami, durante o UFC Rio de Janeiro(Antonio Lacerda/EFE/VEJA)

Depois da RedeTV! conseguir boa audiência transmitindo o UFC Rio, em agosto, as emissoras concorrentes - Band, Record e Globo - entraram em leilão para garantir os direitos das próximas lutas. A assessoria de imprensa do UFC divulgou uma nota nesta quinta-feira confirmando que a TV Globo terá exclusividade nas transmissões para TV aberta no Brasil.

A íntegra da nota divulgada pelo UFC: "A Rede Globo e o Ultimate Fighting Championship (UFC) anunciam nesta quinta-feira, dia 27, um acordo de transmissão exclusiva da programação do UFC. A emissora terá exclusividade para exibir ao vivo todos os eventos do UFC no Brasil e três no exterior, além da primeira edição brasileira do reality show The Ultimate Fighter (TUF). A primeira transmissão que marcará o acordo será a esperada luta entre o campeão peso-pesado Cain Velasquez contra o brasileiro Junior "Cigano" dos Santos, marcada para o dia 12 de novembro, em Anaheim, na Califórnia. A TV Globo também vai transmitir todos os eventos UFC no Brasil e outros programas do UFC ao redor do mundo. 'O Brasil é um enorme mercado para o UFC e faz todo sentido que seja o primeiro país em que produzamos nosso primeiro The Ultimate Fighter local. Vamos encontrar o próximo Anderson Silva ou José Aldo, não tenho dúvida! E fazer isso ao lado da Rede Globo é fantástico', vislumbra o presidente do UFC, Dana White, sobre a primeira temporada do The Ultimate Fighter (TUF) no Brasil. 'O UFC Rio teve o clima mais sensacional que já vi. Os fãs brasileiros foram inacreditáveis. E vocês podem apostar que traremos mais eventos ao vivo para o país. A TV Globo é a parceira perfeita que vai elevar o nível do MMA no Brasil. Mal posso esperar para voltar', complementa o presidente do UFC." Leia também: Ronaldo x Anderson Silva
TAGs:
Anderson Silva
UFC