Mais Lidas

  1. Andréa de Nóbrega deixa Carlos Alberto e 'A Praça É Nossa'

    Entretenimento

    Andréa de Nóbrega deixa Carlos Alberto e 'A Praça É Nossa'

  2. Patricia Abravanel bate na África e apanha nas redes

    Entretenimento

    Patricia Abravanel bate na África e apanha nas redes

  3. Campanha de Dilma recebeu R$ 2 mi de investigada na Boca Livre

    Brasil

    Campanha de Dilma recebeu R$ 2 mi de investigada na Boca Livre

  4. Ciro defende 'sequestrar' Lula em caso de pedido de prisão

    Brasil

    Ciro defende 'sequestrar' Lula em caso de pedido de prisão

  5. ‘Game of Thrones’: por que saber a origem de Jon Snow é importante

    Entretenimento

    ‘Game of Thrones’: por que saber a origem de Jon Snow é importante

  6. Defesa pede suspensão da investigação e revogação da prisão de Paulo Bernardo

    Brasil

    Defesa pede suspensão da investigação e revogação da prisão de...

  7. Impeachment pode marcar nova onda de valorização do real

    Economia

    Impeachment pode marcar nova onda de valorização do real

  8. Ministério da Cultura fazia fiscalização 'pífia', diz MP sobre grupo que desviou R$ 180 mi

    Brasil

    Ministério da Cultura fazia fiscalização 'pífia', diz MP sobre...

UFC: com revanche certa, Anderson volta a treinar; assista

Brasileiro enfrentará o americano Chris Weidman em 28 de dezembro, em Vegas

- Atualizado em

  • Voltar ao início

  • Todas as imagens da galeria:


O ex-campeão dos médios do UFC já começa a se preparar para tentar recuperar o cinturão. Anderson Silva voltou a treinar na Muay Thai College, sua academia em Torrance, nos arredores de Los Angeles. Depois de perder para Chris Weidman e quase anunciar a aposentadoria, o Spider e Dana White, presidente do UFC, confirmaram na noite de sábado que a revanche será em 28 de dezembro, em Las Vegas. Impossibilitado de lutar por 45 dias por ordens do UFC (que determinou uma suspensão médica em função do nocaute sofrido para o americano), Anderson Silva começou sua preparação com alguns treinos de jiu-jitsu, movimentações de boxe e preparação física. Quem o acompanha de perto garante que não via o lutador de 38 anos tão empolgado para um confronto havia muito tempo.

Leia também:

UFC 162: não, a derrota não foi armação. Saiba os motivos

O que estará em jogo na revanche Spider x Weidman

Derrota deixa Anderson e Dana White desnorteados

Cansado de ganhar, Anderson sentiu alívio ao perder

Por que o UFC 162 não foi uma armação?

  • Dana White, o chefão do UFC
  • As ring girls no UFC São Paulo
  • UFC: a ring girl Arianny Celeste na praia, no Rio
  • UFC SP: o que você não viu na TV
  • UFC: Anderson Silva em fotos exclusivas para VEJA
  • UFC Rio 3: o que você não viu na TV
  • UFC Rio 3: por dentro do evento
  • Ronda Rousey, a nova musa do UFC
  • UFC: Anderson Silva x Chael Sonnen
  • No octógono com Júnior Cigano, campeão do UFC
TAGs:
Anderson Silva
Dana White
UFC