Mais Lidas

  1. MG: oposição entra com recursos contra nomeação da mulher de Pimentel

    Brasil

    MG: oposição entra com recursos contra nomeação da mulher de Pimentel

  2. Manifestantes anti-impeachment entram em conflito com polícia do Senado

    Brasil

    Manifestantes anti-impeachment entram em conflito com polícia do...

  3. Ex-BBB Ana Paula elogia (e envelhece) Patrícia Poeta: 'A senhora arrasa'

    Entretenimento

    Ex-BBB Ana Paula elogia (e envelhece) Patrícia Poeta: 'A senhora...

  4. Presidente do Conselho de Ética desafia Cunha e vira alvo de denúncia na Câmara

    Brasil

    Presidente do Conselho de Ética desafia Cunha e vira alvo de...

  5. MP faz nova denúncia contra João Santana, Odebrecht e mais 15 na Lava Jato

    Brasil

    MP faz nova denúncia contra João Santana, Odebrecht e mais 15 na...

  6. Reale defende impeachment no Senado: 'Crime de responsabilidade sem punição é golpe'

    Brasil

    Reale defende impeachment no Senado: 'Crime de responsabilidade sem...

  7. Atriz de ‘50 Tons’ se diz ‘entediada’ após gravar cenas de sexo por sete horas

    Entretenimento

    Atriz de ‘50 Tons’ se diz ‘entediada’ após gravar cenas de sexo por...

  8. Oposição da Venezuela diz ter o triplo das assinaturas necessárias para referendo

    Mundo

    Oposição da Venezuela diz ter o triplo das assinaturas necessárias...

Splitter pensa em voltar ao Brasil e torce por popularização do basquete

Após disputar o Pré-Olímpico de Mar del Plata, Tiago Splitter estuda propostas de alguns clubes e pensa na possibilidade de voltar a jogar no Brasil durante a greve na NBA. Há 10 anos no exterior, o pivô do San Antonio Spurs torce pela popularização do basquete no País.

'Voltar a jogar aqui é uma opção boa para mim e para o basquete do Brasil. Prefiro jogar do que estar parado e sem fazer nada. Se tiver a possibilidade de jogar no Brasil e der tudo certo, por que não?', indagou o atleta ao desembarcar na noite de segunda-feira, em Guarulhos.

Depois de repatriar Leandrinho, do Toronto Raptors, o Flamengo já apresentou uma proposta a Splitter. Brasília e Pinheiros fizeram o mesmo. Para completar, alguns clubes da Europa também estão interessados em contar com o pivô, que já fez sucesso na Espanha.

'Recebi algumas propostas e quero tomar essa decisão com tranquilidade. Tenho tempo pela frente agora e vou decidir o que fazer', declarou o jogador. Com um boné da equipe que defende na NBA, ele arrancou risos ao responder qual o time mais próximo de contratá-lo: 'os Spurs'.

'O Brasil tem enorme condição de ser uma potência mundial e espero que esse passo ajude no crescimento do basquete. Às vezes querem que o esporte cresça melhorando as coisas no adulto, mas o ideal é evoluir na base, que a criançada comece a jogar, que tenhamos mais escolinhas. Isso vai fazer com que sejamos uma potência', afirmou.

Para acelerar o fortalecimento do esporte, um desempenho satisfatório em Londres-2012 é essencial, afirma Splitter. 'É a vitrine do esporte mundial, todo mundo acompanha e jogar esse torneio bem faz muita diferença. A nova geração precisa de espelhos, de uma Seleção Brasileira, e esperamos fazer isso', encerrou.