Mais Lidas

  1. Saiba como observar a chuva de meteoros desta madrugada

    Ciência

    Saiba como observar a chuva de meteoros desta madrugada

  2. Delcídio deve comparecer à CCJ e comprometer Lula e Renan na Lava Jato

    Brasil

    Delcídio deve comparecer à CCJ e comprometer Lula e Renan na Lava Jato

  3. Substituto de Cunha tem nas mãos impeachment de Temer - e causa preocupação

    Brasil

    Substituto de Cunha tem nas mãos impeachment de Temer - e causa...

  4. Ex de Susana Vieira vira garçom e vende artesanato na web

    Entretenimento

    Ex de Susana Vieira vira garçom e vende artesanato na web

  5. Por unanimidade, STF afasta Eduardo Cunha do mandato

    Brasil

    Por unanimidade, STF afasta Eduardo Cunha do mandato

  6. Afastado pelo STF, Cunha fala em retaliação política pelo impeachment

    Brasil

    Afastado pelo STF, Cunha fala em retaliação política pelo impeachment

  7. Clientes de restaurante vegano descobrem que donos comem carne e se revoltam

    Mundo

    Clientes de restaurante vegano descobrem que donos comem carne e se...

  8. Vocalista do Rappa descobre que é pai de jovem de 17 anos

    Entretenimento

    Vocalista do Rappa descobre que é pai de jovem de 17 anos

Scott Dixon vence prova marcada por paralisação e problemas na pista

- Atualizado em

Em corrida marcada pela péssima condição do circuito de Belle Isle, em Detroit, quem levou a melhor foi o neozelandês Scott Dixon. Neste domingo, o piloto da Chip Ganassi largou na pole position e liderou todas as voltas, cruzando a linha de chegada na primeira colocação. Dario Franchitti e Simon Pagenaud completaram o pódio. Já Tony Kanaan, da KV Racing, foi o melhor brasileiro, terminando na sexta posição.

Na 45volta, a direção da prova interrompeu a sexta etapa desta temporada por falta de segurança na pista. Os remendos para diminuir as ondulações no traçado foram se desfazendo ao longo da corrida e o acidente de James Hinchcliffe na volta 39 motivou a decisão dos organizadores.

Com a paralisação, operários começaram a trabalhar para consertar as imperfeições e, após duas horas, a condição do asfalto foi reavaliada e o os pilotos foram liberados para completar a prova em 15 voltas, diminuindo a previsão inicial, que era de 90 voltas. Quando a etapa de Detroit foi interrompida, Scott Dixon era o primeiro, Will Power era o segundo e Simon Pagenaud era o terceiro. Entre os brasileiros, Kanaan era o quarto e Helio Castroneves era o quinto, sendo que Rubens Barrichello já havia abandonado.

Na relargada, Castroneves rodou, precisou trocar o bico de seu carro e causou nova interrupção. Já na volta 51, em nova relargada, Franchitti foi quem se deu melhor e subiu quatro posições, chegando a segunda colocação e garantindo dobradinha da Ganassi pela segunda vez consecutiva.