TARJA Copa das Confederações 2013

Rio de Janeiro

No topo do Maracanã, tecnologia de um time internacional

Nova cobertura do estádio tem engenharia alemã, materiais suíços e franceses e trabalho de brasileiros e ucranianos - e será mais segura, leve e confortável

  • Maracanã

    Ricardo Moraes/Reuters

  • Maracanã

    Ricardo Moraes/Reuters

  • Maracanã

    Ricardo Moraes/Reuters

  • O Maracanã na quarta-feira, a apenas quatro dias da inauguração, no amistoso entre Brasil x Inglaterra

    Celso Pupo/Fotoarena

  • O Maracanã na quarta-feira, a apenas quatro dias da inauguração, no amistoso entre Brasil x Inglaterra

    Celso Pupo/Fotoarena

  • O Maracanã na quarta-feira, a apenas quatro dias da inauguração, no amistoso entre Brasil x Inglaterra

    Celso Pupo/Fotoarena

  • O Maracanã na quarta-feira, a apenas quatro dias da inauguração, no amistoso entre Brasil x Inglaterra

    Celso Pupo/Fotoarena

  • A nova iluminação decorativa do Maracanã

    Érica Ramalho/Divulgação/Governo do Estado do Rio de Janeiro

  • Valcke e Ronaldo no Maracanã, a um mês da abertura da Copa das Confederações

    Marcelo Sayão/EFE

  • Vista aérea da estátua do Cristo Redentor no topo do Corcovado e do Maracanã, estádio no Rio de Janeiro, Brasil

    Vanderlei Almeida/AFP

  • Rompimento de tubulação abre cratera bem em frente ao Estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro

    Custodio Coimbra/Agência O Globo

  • Rompimento de tubulação abre cratera bem em frente ao Estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro

    Custodio Coimbra/Agência O Globo

  • O primeiro evento-teste do novo Maracanã, uma pelada entre os amigos de Ronaldo e Bebeto

    Ivan Pacheco

  • O primeiro evento-teste do novo Maracanã, uma pelada entre os amigos de Ronaldo e Bebeto

    Ivan Pacheco

  • O primeiro evento-teste do novo Maracanã, uma pelada entre os amigos de Ronaldo e Bebeto

    Ivan Pacheco

  • Imagem aérea do Maracanã

    Érica Ramalho/Divulgação

  • Vista aérea do Estádio do Maracanã

    Christophe Simon/AFP

  • Vista aérea do Estádio do Maracanã

    Christophe Simon/AFP

  • Cobertura do novo Maracanã foi totalmente instalada. O estádio, que terá capacidade para aproximadamente 79 mil pessoas, todas sentadas, receberá o primeiro evento-teste no dia 27.

    Carlos Eduardo Cardoso/Agência O Dia

  • Com 95% de obras concluídas, o Maracanã já mostra a forma de uma arena de futebol

    Divulgação

  • Com 95% de obras concluídas, o Maracanã já mostra a forma de uma arena de futebol

    Divulgação

  • Com 95% de obras concluídas, o Maracanã já mostra a forma de uma arena de futebol

    Divulgação

  • Com 95% de obras concluídas, o Maracanã já mostra a forma de uma arena de futebol

    Divulgação

  • Com 95% de obras concluídas, o Maracanã já mostra a forma de uma arena de futebol

    Divulgação

  • Com 95% de obras concluídas, o Maracanã já mostra a forma de uma arena de futebol

    Divulgação

  • Com 95% de obras concluídas, o Maracanã já mostra a forma de uma arena de futebol

    Divulgação

  • Com 95% de obras concluídas, o Maracanã já mostra a forma de uma arena de futebol

    Divulgação

  • O estádio Maracanã chegou a 92% das obras de reforma e adequação para sediar a Copa das Confederações e a Copa do Mundo, conforme informações divulgadas pelo governo do Rio de Janeiro nesta sexta-feira (22)

    Érica Ramalho/Divulgação

  • O estádio Maracanã chegou a 92% das obras de reforma e adequação para sediar a Copa das Confederações e a Copa do Mundo, conforme informações divulgadas pelo governo do Rio de Janeiro nesta sexta-feira (22)

    Érica Ramalho

  • O estádio Maracanã chegou a 92% das obras de reforma e adequação para sediar a Copa das Confederações e a Copa do Mundo, conforme informações divulgadas pelo governo do Rio de Janeiro nesta sexta-feira (22)

    Érica Ramalho/Divulgação

  • O estádio Maracanã chegou a 92% das obras de reforma e adequação para sediar a Copa das Confederações e a Copa do Mundo, conforme informações divulgadas pelo governo do Rio de Janeiro nesta sexta-feira (22)

    Érica Ramalho

  • Maracanã: estádio terá quatro telões

    Érica Ramalho/Divulgação

  • Maracanã: estádio terá quatro telões

    Érica Ramalho/Divulgação

  • Maracanã: lona de fibra de vidro e teflon cobrem estrutura metálica do estádio

    Érica Ramalho/Divulgação

  • Maracanã: lona de fibra de vidro e teflon cobrem estrutura metálica do estádio

    Érica Ramalho/Divulgação

  • Maracanã: novo gramado está pronto

    Érica Ramalho/Divulgação

  • Maracanã: novo gramado está pronto

    Érica Ramalho/Divulgação

  • Implantação do novo gramado do Maracanã

    Érica Ramalho

  • Implantação do novo gramado do Maracanã

    Érica Ramalho

  • Implantação do novo gramado do Maracanã

    Érica Ramalho

  • Implantação do novo gramado do Maracanã

    Érica Ramalho

  • Implantação do novo gramado do Maracanã

    Érica Ramalho

  • Implantação do novo gramado do Maracanã

    Érica Ramalho

  • Implantação do novo gramado do Maracanã

    Érica Ramalho

  • Implantação do novo gramado do Maracanã

    Érica Ramalho

  • Implantação do novo gramado do Maracanã

    Érica Ramalho

  • Instalação da cobertura durante reformas no Maracanã, em 22/02/2013

    Ricardo Moraes/Reuters

  • Garis trabalham na limpeza dos estragos causados no entorno do Estádio do Maracanã, após o forte temporal que atingiu o Rio de Janeiro

    Celso Pupo/Fotoarena/Folhapress

  • Visão aérea das novas cadeiras do estádio do Maracanã, em 22/02/2013

    Ricardo Moraes/Reuters

  • Instalação da cobertura durante reformas no Maracanã, em 22/02/2013

    Ricardo Moraes/Reuters

  • Instalação da cobertura durante reformas no Maracanã, em 22/02/2013

    Ricardo Moraes/Reuters

  • Início da instalação da cobertura do Maracanã

    Oscar Cabral

  • O início da instalação da cobertura do Maracanã para a Copa das Confederações de 2013 e o Mundial de 2014

    Antonio Scorza/AFP

  • O início da instalação da cobertura do Maracanã para a Copa das Confederações de 2013 e o Mundial de 2014

    Antonio Scorza/AFP

  • As obras do Maracanã em dezembro de 2012

    Ministério do Esporte/Divulgação

  • A estátua de Bellini, no Maracanã - 23/01/2013

    Oscar Cabral

  • Estrutura do novo teto do Maracanã, tirada no dia 23 de janeiro de 2013

  • Reprodução noturna mostra como deve ficar a iluminação do Maracanã

    Divulgação

  • Obras na entrada do Maracanã - 23/01/2013

    VEJA

  • Maracanã: estádio terá 110 camarotes

    Érica Ramalho/Divulgação

  • Maracanã: camarotes poderão ser decorados ao gosto do proprietário

    Érica Ramalho/Divulgação

  • Estádio do Maracanã no Rio de Janeiro, setembro de 2012

    Daniel Basil/ME/Portal da Copa

  • Jérôme Valcke (à dir.) e Ronaldo visitam as obras do Maracanã

    Santi Carneri/EFE

  • Reforma do Estádio do Maracanã durante preparativos para a Copa 2014 (08/11/2012)

    Sergio Moraes/Reuters

  • Obras do Maracanã, no Rio de Janeiro, em setembro de 2012

    Daniel Basil/Ministério do Esporte/Divulgação

  • Obras do Maracanã, no Rio de Janeiro, em setembro de 2012

    Daniel Basil/Ministério do Esporte/Divulgação

  • Obras do Maracanã, no Rio de Janeiro, em setembro de 2012

    Daniel Basil/Ministério do Esporte/Divulgação

  • Obras do Maracanã, no Rio de Janeiro, em setembro de 2012

    Daniel Basil/Ministério do Esporte/Divulgação

  • Obras do Maracanã, no Rio de Janeiro, em setembro de 2012

    Daniel Basil/Ministério do Esporte/Divulgação

  • Obras do Maracanã, no Rio de Janeiro, em setembro de 2012

    Daniel Basil/Ministério do Esporte/Divulgação

  • Obras do Maracanã, no Rio de Janeiro, em setembro de 2012

    Daniel Basil/Ministério do Esporte/Divulgação

  • Obras do Maracanã, no Rio de Janeiro, em setembro de 2012

    Daniel Basil/Ministério do Esporte/Divulgação

  • Obras do Maracanã, no Rio de Janeiro, em setembro de 2012

    Daniel Basil/Ministério do Esporte/Divulgação

  • Obras do Maracanã, no Rio de Janeiro, em setembro de 2012

    Daniel Basil/Ministério do Esporte/Divulgação

  • Obras do Maracanã, no Rio de Janeiro, em setembro de 2012

    Daniel Basil/Ministério do Esporte/Divulgação

  • Maracanã: imagem aérea mostra o andamento das obras

    Érica Ramalho/Divulgação

  • Obras no Maracanã: segundo o governo do estado, trabalho está 70% concluído

    Governo do Estado do Rio de Janeiro/Divulgação

  • Maracanã: estádio já está com a estrutura das arquibancadas pronta

    Bia Alves/Fotoarena

  • Maracanã: cobertura recebeu 60 anéis, cada um pesando 40 toneladas

    José Carlos Pelosi / Divulgação

  • Maracanã: cadeira da arquibancada

    Érica Ramalho/Divulgação

  • Maracanã: detalhe da cadeira especial

    Érica Ramalho/Divulgação

  • Maracanã: cadeiras de camarote (esq.) e da tribuna de imprensa

    Érica Ramalho/Divulgação

  • Maracanã: arquibancadas serão multicoloridas

    Divulgação

  • Maracanã: cor das cadeiras vão do amarelo ao branco, passando por tons de azul

    Divulgação

  • Maracanã: nova arquibancada começa a tomar forma

    Lucas Landau

  • Maracanã: reforma aproximará torcedores do campo

    Lucas Landau

  • Maracanã: 5.500 homens trabalham na obra atualmente

    Lucas Landau

  • Maracanã: guindastes se movimentam no espaço do gramado

    Lucas Landau

  • Maracanã: base dos camarotes começa a ficar pronta

    Lucas Landau

  • Maracanã: operários trabalham em dois turnos, das 7h às 17h e das 17h às 7h

    Lucas Landau

  • Maracanã: à frente, os banheiros em fase de finalização; ao fundo, um teste descartado

    Lucas Landau

  • Maracanã: novo estádio terá 203.462,60 metros quadrados de área construída

    Lucas Landau

  • Maracanã: quatro novas rampas de acesso têm oito metros de largura

    Lucas Landau

  • Maracanã: externamente, estádio será pintado de cinza

    Lucas Landau

Foto 0 / 94

Ampliar Fotos
A empresa contratada pelo Consórcio Maracanã para instalar o topo conta com a tecnologia dos mesmos responsáveis pelas coberturas dos dois últimos palcos de finais de Copa do Mundo

Quando abrir as portas para seu primeiro evento-teste antes da Copa das Confederações, no sábado, o Maracanã será muito diferente do estádio que a torcida carioca se acostumou a frequentar durante seis décadas. E uma das transformações mais radicais e emblemáticas estará sobre as cabeças dos cerca de 28.000 convidados para a festa (o acesso será restrito aos operários e suas famílias). A nova cobertura do Maracanã é uma das partes mais complexas e avançadas de todo o projeto. Executada pela empresa brasileira Sepa, ela é resultado do trabalho de uma seleção internacional de profissionais. Com engenharia alemã, materiais franceses e suíços e instalação realizada por especialistas brasileiros e europeus, a cobertura deverá ser uma das grandes atrações do estádio remodelado para a Copa de 2014 e a Olimpíada de 2016. O engenheiro responsável pela construção, Nelson Fiedler, presidente da Sepa, coordenou o trabalho da equipe sob condições adversas. Por causa dos atrasos nas obras estruturais na arena, o prazo disponível para o trabalho no topo foi muito menor do que se previa. Quando chegou a hora de instalar a gigantesca cobertura, era verão no Rio, e o forte calor, junto com o tamanho e complexidade da empreitada, foram grandes desafios. O projeto foi concluído a tempo graças às próprias características da tecnologia escolhida para proteger o novo Maracanã. O tipo de cobertura selecionado para a obra é o que de mais avançado existe na engenharia de hoje. Mais leve, mais versátil e mais seguro, deve oferecer mais conforto ao público, tanto em relação à luminosidade dentro do estádio quando em relação à temperatura nas partidas disputadas no Rio. O processo de instalação é mostrado em um vídeo produzido pela Crane.tv, da Inglaterra.

A empresa contratada pelo Consórcio Maracanã para instalar o topo conta com a tecnologia dos mesmos responsáveis pelas coberturas dos dois últimos palcos de finais de Copa do Mundo - o Estádio Olímpico de Berlim, em 2006, e o Soccer City de Johannesburgo, em 2010. Uma joint venture com a empresa alemã Hightex deu à equipe de Fiedler, um especialista em estruturas tensionadas, o know how do trabalho em grandes estádios. Além do Maracanã, o engenheiro trabalha também em outros dois estádios da Copa: o Beira-Rio, em Porto Alegre, e a Arena das Dunas, em Natal. A nova cobertura do Maracanã é formada por 120 membranas de um material composto por teflon e fibra de vidro. Com uma extensão total de 47.000 metros quadrados, ela cobrirá 95% das cadeiras instaladas no Maracanã. A versão antiga da cobertura era de concreto e tinha menos da metade do comprimento. Cobria só quatro entre cada dez lugares do estádio. Há algumas semanas, a equipe de Fiedler apareceu numa imagem que assustou a Fifa: em meio à instalação da cobertura, um forte temporal provocou acúmulo de água sobre as membranas. Os operários, entre eles especialistas alemães e ucranianos, foram filmados tirando a água do teto munidos de baldes. Foi um imprevisto, e não uma falha de projeto: a membrana ainda não estava tensionada, ou seja, a cobertura ainda não tinha assumido sua forma final. Com a conclusão dos trabalhos, ela não só será capaz de proteger o estádio da chuva como também aproveitar a água que cair sobre o Maracanã. Um sistema de drenagem com sucção a vácuo vai alimentar dois reservatórios subterrâneos. A água recolhida na cobertura será filtrada e usada nos banheiros.

Divulgação

O engenheiro Nelson Fiedler e a cobertura do Maracanã: obra com tecnologia de ponta no Rio

O engenheiro Nelson Fiedler e a cobertura do Maracanã: obra com tecnologia de ponta no Rio

Leia também: 
Maracanã receberá torneio sem nenhum teste de verdade
Maracanã deve reabrir com pelada entre Ronaldo e Bebeto
Em reunião esvaziada, Fifa diz confiar em Maracanã 100%
Como a Copa vai obrigar o país a enfrentar seus problemas

Acompanhe VEJA Esporte no Facebook
Siga Veja Esporte no Twitter

Assinaturas



Editora Abril Copyright © Editora Abril S.A. - Todos os direitos reservados