Tarja - Brasil 2014

Futebol

Mascote da Copa 2014 ganha nome de Fuleco

Fusão de 'futebol' e 'ecologia', vencedor teve 48% dos votos em enquete da Fifa

O mascote oficial da Copa do Mundo 2014 no Mineirão em Belo Horizonte

O mascote oficial da Copa do Mundo 2014 no Mineirão em Belo Horizonte (Washington Alves/Reuters)

A Fifa anunciou na noite deste domingo o nome da mascote oficial da Copa do Mundo de 2014. Depois de uma eleição que durou três meses e oferecia três alternativas – todas sugeridas pela própria Fifa – a palavra Fuleco foi escolhida por 1,7 milhão de brasileiros, que corresponde a 48% dos votos. O nome vencedor vem da fusão de "futebol e "ecologia".

Leia também: Nos símbolos da Copa, a falta de ambição para 2014

Em segundo lugar ficou Zuzeco, com 31%, que era a combinação entre "azul' e "ecologia". O nome Amijubi, de "amizade" e "júbilo", terminou em terceiro lugar, com 21% dos votos.

O tatu-bola é o animal que representará o Mundial no Brasil - a escolha foi revelada com exclusividade pela coluna Radar, de VEJA. A Fifa explicou que o mascote e os nomes sugeridos estão em sintonia com a preocupação do torcedor local com o meio ambiente. A entidade máxima do futebol realizou uma pesquisa recentemente em que ouviu que "mais de 90% dos brasileiros acreditam que a Copa do Mundo deve ser ecologicamente correta".

A Fifa ainda revelou ainda que 89% dos brasileiros já viram a mascote oficial do evento de 2014. Desde que o tatu-bola foi anunciado, sua imagem passou a ser utilizada nas sedes da Copa. Além do nome do mascote a entidade apresentou as imagens dos cartazes que vão representar as 12 cidades-sede do Mundial.

Galeria: Confira os cartazes das cidades-sede

(Com Gazeta Press)

Assinaturas



Editora Abril Copyright © Editora Abril S.A. - Todos os direitos reservados