Mais Lidas

  1. Justiça determina bloqueio do WhatsApp em todo o Brasil por 72 horas

    Vida Digital

    Justiça determina bloqueio do WhatsApp em todo o Brasil por 72 horas

  2. Casal que discutiu com José de Abreu comenta caso: ‘atitude repugnante’

    Entretenimento

    Casal que discutiu com José de Abreu comenta caso: ‘atitude...

  3. No Senado, especialistas pró-impeachment dizem que governo fez ‘contabilidade destrutiva’

    Brasil

    No Senado, especialistas pró-impeachment dizem que governo fez...

  4. Jon Snow e o spoiler que todos já sabiam

    Entretenimento

    Jon Snow e o spoiler que todos já sabiam

  5. Delação de Delcídio leva PGR a pedir investigação contra Aécio Neves, Marco Maia e Vital do Rêgo

    Brasil

    Delação de Delcídio leva PGR a pedir investigação contra Aécio...

  6. Justiça bloqueia bens do senador Lindbergh Farias

    Brasil

    Justiça bloqueia bens do senador Lindbergh Farias

  7. Ursinho, fraldas e um chocalho de ouro: confira a lista de presentes da princesa Charlotte

    Mundo

    Ursinho, fraldas e um chocalho de ouro: confira a lista de...

  8. Morre Mauricio Spada e Souza, filho do desenhista Mauricio de Sousa

    Entretenimento

    Morre Mauricio Spada e Souza, filho do desenhista Mauricio de Sousa

Juiz flamenguista faz piada com Vasco em sentença

Torcedor pede indenização por ter o sinal de TV interrompido durante exibição dos jogos, e juiz diz que caso não é tão grave para times que foram rebaixados

- Atualizado em

juíz
Juiz deixa claro na sentença preferência pelo flamengo(Thinkstock/VEJA)

Um torcedor do Vasco entrou na Justiça contra uma empresa de TV por assinatura que interrompeu os serviços de transmissão do Campeonato Brasileiro alegando falta de documentação. Elizeu Passos Caldas, que garante ter cumprido todas as exigências, pediu indenização por danos morais por não ter conseguido assistir aos jogos do seu time na televisão.

O juiz André Luiz Nicolitt deferiu o pedido - mas "em termos". Segundo o magistrado, o dano é menor porque o Vasco já foi rebaixado. "Não é possível comparar a frustração de não poder ver um jogo de times que já frequentaram a segunda ou terceira divisão com aqueles que nunca estiveram nestes submundos", diz a sentença.

Ainda de acordo com Nicolitt, o valor de indenização poderia ser maior se o torcedor autor da ação fosse flamenguista. "Exemplificando, se fosse o Fluminense, por ter jogado a terceira (divisão), valor ínfimo, o Vasco e Botafogo, por terem jogado a segundona, um pouco maior, já o glorioso Clube Regatas do Flamengo, que jamais frequentou ou frequentará tais submundos, o dano seria expressivo".

A empresa de TV por assinatura foi indenizada a pagar 2.000 reais - quantia considerada "razoável" pelo magistrado.

TAGs:
Brasileirão
Flamengo
Vasco da Gama
Rio de Janeiro
Justiça