Tarja do tema UFC

MMA

Imbatível, Anderson Silva ainda tem recordes para quebrar

Poucos notaram, mas o campeão conquistou mais uma marca inédita no Rio

  • Anderson Silva entra para lutar com Stephan Bonnar na HSBC Arena, na Barra da Tijuca

    Ivan Pacheco

  • UFC Rio 3, na HSBC Arena, na Barra da Tijuca - 13/10/2012

    Ivan Pacheco

  • UFC Rio 3, na HSBC Arena, na Barra da Tijuca - 13/10/2012

    Ivan Pacheco

  • Anderson Silva entra para lutar com Stephan Bonnar na HSBC Arena, na Barra da Tijuca

    Ivan Pacheco

  • Anderson Silva entra para lutar com Stephan Bonnar na HSBC Arena, na Barra da Tijuca

    Ivan Pacheco

  • Anderson Silva vence Stephan Bonnar no UFC Rio 3, em 13/10/2012

    Ivan Pacheco

  • UFC Rio 3, na HSBC Arena, na Barra da Tijuca - 13/10/2012

    Ivan Pacheco

  • UFC Rio 3, na HSBC Arena, na Barra da Tijuca - 13/10/2012

    Ivan Pacheco

  • UFC Rio 3, na HSBC Arena, na Barra da Tijuca - 13/10/2012

    Ivan Pacheco

  • UFC Rio 3, na HSBC Arena, na Barra da Tijuca - 13/10/2012

    Ivan Pacheco

  • UFC Rio 3, na HSBC Arena, na Barra da Tijuca - 13/10/2012

    Ivan Pacheco

  • UFC Rio 3, na HSBC Arena, na Barra da Tijuca - 13/10/2012

    Ivan Pacheco

  • UFC Rio 3, na HSBC Arena, na Barra da Tijuca - 13/10/2012

    Ivan Pacheco

  • UFC Rio 3, na HSBC Arena, na Barra da Tijuca - 13/10/2012

    Ivan Pacheco

  • UFC Rio 3, na HSBC Arena, na Barra da Tijuca - 13/10/2012

    Ivan Pacheco

  • UFC Rio 3, na HSBC Arena, na Barra da Tijuca - 13/10/2012

    Ivan Pacheco

  • Anderson Silva vence Stephan Bonnar no UFC Rio 3, na HSBC Arena, na Barra da Tijuca

    Ivan Pacheco

  • UFC Rio 3, na HSBC Arena, na Barra da Tijuca - 13/10/2012

    Ivan Pacheco

  • Anderson Silva vence Stephan Bonnar no UFC Rio 3, na HSBC Arena, na Barra da Tijuca

    Ivan Pacheco

  • Anderson Silva durante coletiva na HSBC Arena, na Barra da Tijuca

    Ivan Pacheco

Foto 0 / 20

Ampliar Fotos
Brasileiro tem duas lutas a cumprir no UFC, mas deve renovar seu contrato com a franquia - e ganhar a chance de aumentar a coleção de recordes

Lutando entre os meio-pesados (fora da sua categoria, a dos médios), Anderson Silva precisou de apenas quatro minutos para vencer Stephan Bonnar na madrugada do último domingo, no UFC 153, no Rio de Janeiro (no vídeo abaixo, os melhores momentos da noite). Pouca gente percebeu, mas o show do campeão (na galeria acima, fotos exclusivas do evento) significou mais uma façanha em sua trajetória cheia de marcas impressionantes: o Spider bateu o recorde de nocautes do UFC. O brasileiro agora tem onze vitórias desse tipo, uma a mais que o americano Chuck Liddell, e ainda tem duas lutas garantidas em contrato para tentar melhorar essa marca. Anderson Silva é dono de outros recordes no torneio, como o de maior número de defesas de cinturão e de lutas como campeão. Quem acha que Anderson não tem mais objetivos no horizonte, porém, está enganado. Ainda existem algumas marcas que o campeão dos médios ainda não conseguiu bater. De algumas, está bem perto; de outras, jamais deverá conseguir se aproximar (leia no quadro abaixo).  

Os (poucos) recordes que ainda faltam para Anderson Silva

1 de 5

Lutas valendo o cinturão

O recordista desta categoria é o americano Randy Couture, que tem quinze defesas em seu cartel. Anderson Silva está na terceira colocação, com onze vitórias. O brasileiro poderia está melhor classificado não fossem os quatro combates que fez fora de sua categoria (essas lutas não valiam o título).

Leia também:
Os doze trabalhos do 'Hércules' Anderson Silva no UFC
Após sucesso no Rio, o UFC já planeja os próximos shows
Dana White promete confronto Anderson x Jon Jones
Vaias para Galvão Bueno na arena - e no áudio da Globo

Assinaturas



Editora Abril Copyright © Editora Abril S.A. - Todos os direitos reservados