Liga dos Campeões

Cristiano Ronaldo decide e Real elimina o Manchester

Com vitória por 2 a 1, time espanhol consegue vaga nas quartas de final; Borussia Dortmund também avança

Cristiano Ronaldo comemora gol do Real Madrid contra o Manchester United em jogo pela Liga dos Campeões nesta terça-feira (05)

Cristiano Ronaldo comemora gol do Real Madrid contra o Manchester United em jogo pela Liga dos Campeões nesta terça-feira (05) (Jasper Juinen/Getty Images/VEJA)

 Depois de vencer duas vezes o arquirrival Barcelona pela Copa do Rei e pelo Campeonato Espanhol, o Real Madrid fechou sua semana perfeita com uma vitória por 2 a 1 sobre o Manchester United, em pleno estádio Old Trafford, nesta terça-feira, garantindo a classificação para as quartas de final da Liga dos Campeões. No jogo de ida, há 15 dias, os dois times haviam empatado em 1 a 1, em Madri. Cristiano Ronaldo, ídolo nas duas equipes, marcou o gol da vitória do Real e, em respeito ao clube que defendeu por seis temporadas, não comemorou. 

Leia também:
'Cristiano é mais completo que o Ronaldo, o gordo', diz Ferguson
Kaká e Ronaldinho juntos? Felipão desconversa

A partida na Inglaterra começou com uma decisão corajosa do técnico Alex Ferguson: o treinador do clube inglês surpreendeu ao deixar Rooney no banco, com Nani no time titular. O português fez o cruzamento para o gol da equipe, marcado por Sergio Ramos, contra, no começo do segundo tempo, mas foi expulso logo depois, abrindo caminho para a virada do Real Madrid, com gols de Modric, num chutaço de fora da área, aos 19 minutos, e Cristiano Ronaldo, completando livre um cruzamento de Higuaín. Kaká, horas depois de ser convocado por Felipão para a seleção brasileira, entrou no fim do primeiro tempo, no lugar de Di María, contundido, e teve boa atuação, acertando a trave num chute no segundo tempo. Rooney entrou depois dos 30 minutos e pouco conseguiu fazer, até porque o goleiro Diego Lopez, substituto do machucado Casillas, só não fez chover no segundo tempo, com várias defesas, em tentativas de Carrick, Van Persie e Vidic,

Jon Super/AP

Cristiano Ronaldo volta ao Old Trafford após quase 4 anos em jogo do Manchester United contra o Real Madrid, pela Liga dos Campeões nesta terça-feira (05)

Torcedor pede a volta de Cristiano Ronaldo ao Manchester

A eliminação aconteceu exatamente no milésimo jogo de Ryan Giggs com a camisa do Manchester United. A equipe inglesa estava sem perder havia 18 jogos e o fim da invencibilidade veio na pior hora possível. O adversário do Real só será definido no fim da semana que vem, quando os oito classificados estiverem decididos. Também nesta terça-feira, o Borussia Dortmund confirmou a classificação para as quartas de final ao vencer o Shakhtar Donetsk por 3 a 0, depois de empate por 2 a 2 na Ucrânia. Nesta quarta-feira, mais dois jogos: Paris Saint-Germain x Valencia (2 a 1 para o time francês no jogo de ida) e Juventus x Celtic (3 a 0 para os italianos, na Escócia).

Acompanhe VEJA Esporte no Facebook
Siga VEJA Esporte no Twitter

(Com Estadão Conteúdo)

Assinaturas



Editora Abril Copyright © Editora Abril S.A. - Todos os direitos reservados