Mais Lidas

  1. “Determinar final de operações PF”: diz bilhete encontrado na residência de João Santana e Mônica Moura

    Brasil

    “Determinar final de operações PF”: diz bilhete encontrado na...

  2. Em imagens, o vestido da discórdia em Wimbledon

    Esporte

    Em imagens, o vestido da discórdia em Wimbledon

  3. PF descobre laços impróprios entre Toffoli e empreiteiro do petrolão

    Brasil

    PF descobre laços impróprios entre Toffoli e empreiteiro do petrolão

  4. Gretchen, essa guerreira, casa pela 17ª vez

    Entretenimento

    Gretchen, essa guerreira, casa pela 17ª vez

  5. Thammy pede sugestão de nome masculino nas redes: 'Tommi?'

    Entretenimento

    Thammy pede sugestão de nome masculino nas redes: 'Tommi?'

  6. PF prende Carlinhos Cachoeira em operação contra lavagem de dinheiro

    Brasil

    PF prende Carlinhos Cachoeira em operação contra lavagem de dinheiro

  7. Arroz-de-festa Geisy Arruda e outros famosos no Oscar do Pornô

    Entretenimento

    Arroz-de-festa Geisy Arruda e outros famosos no Oscar do Pornô

  8. Sede do PT é depredada em São Paulo

    Brasil

    Sede do PT é depredada em São Paulo

Bruno Soares é campeão nas duplas na Austrália e quebra jejum de 56 anos

A dupla formada pelo brasileiro e pelo britânico Jamie Murray bateu Nestor e Stepanek. Último título brasileiro na Austrália tinha sido em 1960, com Maria Esther Bueno

- Atualizado em

Bruno Soares no aberto da Austrália
Bruno Soares no aberto da Austrália(VEJA.com/Getty Images)

O brasileiro Bruno Soares e o britânico Jamie Murray conquistaram um título histórico na manhã deste sábado. A parceria, formada este ano, foi campeã do Aberto da Austrália, primeiro Grand Slam da temporada, ao vencer de virada a final contra os veteranos Daniel Nestor e Radek Stepanek por 2 sets a 1, com parciais de 2/6, 6/4 e 7/5, encerrando assim um jejum de 56 anos sem campeões nacionais do torneio na Oceania. O Brasil não tinha um título no Aberto da Austrália desde 1960, quando Maria Esther Bueno conquistou o torneio de duplas atuando ao lado da americana Christine Truman. No total, a tenista paulista tem 19 troféus das quatro principais competições do mundo entre simples, duplas e duplas mistas.

Este é o primeiro título masculino de Grand Slam conquistado por Bruno Soares, bicampeão de duplas mistas do Aberto dos Estados Unidos. Na temporada passada, o também mineiro Marcelo Melo conquistou Roland Garros atuando ao lado do croata Ivan Dodig. Além deles, o Brasil foi campeão de Grand Slams com Gustavo Kuerten, três vezes vencedor do Aberto da França e Thomaz Koch campeão de duplas mistas de Roland Garros. Soares e Murray, irmão mais velho de Andy Murray, começaram a jogar juntos nesta temporada, mas já colecionam bons resultados. A dupla alcançou a final de dois dos três torneios que disputou no ano. Foi campeã do Aberto da Austrália e do ATP 250 de Sydney. No ATP 250 de Doha, caiu na semifinal.

Leia também

Angelique Kerber bate Serena e fatura seu 1º Grand Slam na Austrália

Murray vence Raonic em 5 sets e vai à final do Aberto da Austrália

Martina Hingis é campeã do torneio de duplas do Aberto da Austrália

Apesar do bom momento no circuito, o brasileiro e o britânico pareciam ter pouco a fazer neste sábado. Nestor, canadense de 43 anos de idade, e Stepanek, tcheco de 37, dominaram todo o primeiro set. Os veteranos encontravam facilidade para fechar os games em que sacavam e impunham dificuldade em quase todos os games de serviço dos adversários. Bruno Soares e Jamie Murray conseguiram mudar o cenário no segundo set ao ganharem estabilidade no saque. Venceram e levaram a partida para a terceira e decisiva parcial. Eles continuaram jogando melhor e conseguiram uma quebra de serviço já no quarto game para ganhar vantagem no marcador.

A parceria chegou a sacar para o jogo e teve um match point, mas não o aproveitou e acabou tendo o serviço de Murray quebrado. Soares e o britânico não se abateram e devolveram a quebra logo no game seguinte. Aí coube ao brasileiro servir para finalmente conquistar o Aberto da Austrália. Esta foi a segunda final masculina de Grand Slam disputada por Bruno Soares na carreira. Em 2013, ele e o austríaco Alexander Peya ficaram com o vice-campeonato do Aberto dos Estados Unidos.

O tenista mineiro ainda tem outra chance de ser campeão em Melbourne. Neste domingo, ele e a russa Elena Vesnina fazem a final de duplas mistas contra o romeno Horia Tecau e a norte-americana Coco Vandeweghe. Soares tem no currículo dois títulos do Aberto dos Estados Unidos. Em 2012, venceu ao lado da também russa Ekaterina Makarova, colocando fim a um jejum de 11 anos de títulos brasileiros em Grand Slams. Em 2014, voltou a vencer, desta vez atuando ao lado da indiana Sania Mirza.

Leia mais

De Chapolin a estampa de coqueiro: os figurinos mais ousados do Aberto da Austrália

(Com Gazeta Press)

  • Voltar ao início

  • Todas as imagens da galeria: