Mais Lidas

  1. Janaina Paschoal: rotina de isolamento pós-impeachment

    Brasil

    Janaina Paschoal: rotina de isolamento pós-impeachment

  2. Sonia Abrão abandona programa após ouvir choro

    Entretenimento

    Sonia Abrão abandona programa após ouvir choro

  3. Gorila é morto após menino cair em jaula de zoológico nos EUA

    Mundo

    Gorila é morto após menino cair em jaula de zoológico nos EUA

  4. "Quando encontrar meu corpo, avise meu marido e minha filha"

    Mundo

    "Quando encontrar meu corpo, avise meu marido e minha filha"

  5. Ana Hickmann S/A: um sucesso construído a dois

    Entretenimento

    Ana Hickmann S/A: um sucesso construído a dois

  6. Veja fotos da casa onde adolescente foi estuprada no Rio

    Brasil

    Veja fotos da casa onde adolescente foi estuprada no Rio

  7. Família de jovem vítima de estupro coletivo no Rio dispensa advogada

    Brasil

    Família de jovem vítima de estupro coletivo no Rio dispensa advogada

  8. Para Lula, eleição de Dilma foi seu erro mais grave, revela novo áudio

    Brasil

    Para Lula, eleição de Dilma foi seu erro mais grave, revela novo áudio

Bruno Soares é campeão nas duplas na Austrália e quebra jejum de 56 anos

A dupla formada pelo brasileiro e pelo britânico Jamie Murray bateu Nestor e Stepanek. Último título brasileiro na Austrália tinha sido em 1960, com Maria Esther Bueno

- Atualizado em

Bruno Soares no aberto da Austrália
Bruno Soares no aberto da Austrália(VEJA.com/Getty Images)

O brasileiro Bruno Soares e o britânico Jamie Murray conquistaram um título histórico na manhã deste sábado. A parceria, formada este ano, foi campeã do Aberto da Austrália, primeiro Grand Slam da temporada, ao vencer de virada a final contra os veteranos Daniel Nestor e Radek Stepanek por 2 sets a 1, com parciais de 2/6, 6/4 e 7/5, encerrando assim um jejum de 56 anos sem campeões nacionais do torneio na Oceania. O Brasil não tinha um título no Aberto da Austrália desde 1960, quando Maria Esther Bueno conquistou o torneio de duplas atuando ao lado da americana Christine Truman. No total, a tenista paulista tem 19 troféus das quatro principais competições do mundo entre simples, duplas e duplas mistas.

Este é o primeiro título masculino de Grand Slam conquistado por Bruno Soares, bicampeão de duplas mistas do Aberto dos Estados Unidos. Na temporada passada, o também mineiro Marcelo Melo conquistou Roland Garros atuando ao lado do croata Ivan Dodig. Além deles, o Brasil foi campeão de Grand Slams com Gustavo Kuerten, três vezes vencedor do Aberto da França e Thomaz Koch campeão de duplas mistas de Roland Garros. Soares e Murray, irmão mais velho de Andy Murray, começaram a jogar juntos nesta temporada, mas já colecionam bons resultados. A dupla alcançou a final de dois dos três torneios que disputou no ano. Foi campeã do Aberto da Austrália e do ATP 250 de Sydney. No ATP 250 de Doha, caiu na semifinal.

Leia também

Angelique Kerber bate Serena e fatura seu 1º Grand Slam na Austrália

Murray vence Raonic em 5 sets e vai à final do Aberto da Austrália

Martina Hingis é campeã do torneio de duplas do Aberto da Austrália

Apesar do bom momento no circuito, o brasileiro e o britânico pareciam ter pouco a fazer neste sábado. Nestor, canadense de 43 anos de idade, e Stepanek, tcheco de 37, dominaram todo o primeiro set. Os veteranos encontravam facilidade para fechar os games em que sacavam e impunham dificuldade em quase todos os games de serviço dos adversários. Bruno Soares e Jamie Murray conseguiram mudar o cenário no segundo set ao ganharem estabilidade no saque. Venceram e levaram a partida para a terceira e decisiva parcial. Eles continuaram jogando melhor e conseguiram uma quebra de serviço já no quarto game para ganhar vantagem no marcador.

A parceria chegou a sacar para o jogo e teve um match point, mas não o aproveitou e acabou tendo o serviço de Murray quebrado. Soares e o britânico não se abateram e devolveram a quebra logo no game seguinte. Aí coube ao brasileiro servir para finalmente conquistar o Aberto da Austrália. Esta foi a segunda final masculina de Grand Slam disputada por Bruno Soares na carreira. Em 2013, ele e o austríaco Alexander Peya ficaram com o vice-campeonato do Aberto dos Estados Unidos.

O tenista mineiro ainda tem outra chance de ser campeão em Melbourne. Neste domingo, ele e a russa Elena Vesnina fazem a final de duplas mistas contra o romeno Horia Tecau e a norte-americana Coco Vandeweghe. Soares tem no currículo dois títulos do Aberto dos Estados Unidos. Em 2012, venceu ao lado da também russa Ekaterina Makarova, colocando fim a um jejum de 11 anos de títulos brasileiros em Grand Slams. Em 2014, voltou a vencer, desta vez atuando ao lado da indiana Sania Mirza.

Leia mais

De Chapolin a estampa de coqueiro: os figurinos mais ousados do Aberto da Austrália

(Com Gazeta Press)

  • Voltar ao início

  • Todas as imagens da galeria: