Basquete

Brasileiro de 22 anos vai participar da seleção da NBA

Fab Melo é pivô e foi eleito melhor jogador defensivo em liga universitária

O pivô brasileiro Fab Melo, da Universidade de Syracuse, candidato a jogar na NBA

O pivô brasileiro Fab Melo, da Universidade de Syracuse, candidato a jogar na NBA (Divulgação/VEJA)

Atualmente, o Brasil tem quatro representantes na NBA: Varejão, Nenê, Tiago Splitter e Leandrinho

O pivô brasileiro Fab Melo, que concluiu sua segunda temporada pela Universidade de Syracuse, informou na quinta-feira que decidiu apresentar-se ao próximo draft da NBA, que acontecerá em junho. O draft é a seleção de atletas universitários escolhidos para entrar na liga. "Sinto-me capacitado para jogar basquete profissional, que sempre foi meu grande sonho desde que comecei a praticar este esporte", disse Melo, de 22 anos e 2,13 metros de altura. O jogador, que concluiu a temporada com média de 7,8 pontos e 5,8 rebotes, também foi o líder da Conferência Big East em tocos por partida e terminou a temporada como o melhor jogador defensivo do ano.

"Meu treinador e as outras pessoas que trabalham com ele em Syracuse ajudaram o meu desenvolvimento como jogador e como homem", agradeceu o brasileiro. Atualmente, o Brasil tem quatro representantes na NBA: Anderson Varejão (Cleveland Cavaliers), Nenê (Washington Wizards), Tiago Splitter (San Antonio Spurs) e Leandrinho (Indiana Pacers). Três deles são pivôs, assim como Melo - só Leandrinho é armador. Os três são respeitados e valorizados na liga, mas nenhum chegou a atingir o status de astro do basquete americano. Recentemente, Leandrinho e Nenê foram trocados por seus times - o primeiro saiu do Toronto e o segundo, do Denver.

(Com agência EFE)

Assinaturas



Editora Abril Copyright © Editora Abril S.A. - Todos os direitos reservados