Barcelona pagou 10 milhões de euros por preferência sobre Neymar, diz jornal espanhol

- Atualizado em

Neymar no entrevista coletiva em que anunciou sua renovação de contrato com o Santos até 2014
Neymar no entrevista coletiva em que anunciou sua renovação de contrato com o Santos até 2014(Ricardo Saibun/AGIF/Folhapress/VEJA)

O jornal espanhol Mundo Deportivo publicou nesta qurta-feira que o Barcelona já teria pago 10 milhões de euros (cerca de 24 milhões de reais) ao Santos para ter a prioridade na contratação de Neymar. De acordo com o diário, o valor será abatido do preço final que o Barcelona desembolsar para ter Neymar. Em contrapartida, se o Santos vendê-lo para outro clube europeu, será preciso pagar uma indenização de 20 milhões de euros (cerca de 48 milhões de reais) ao Barcelona como indenização pelo descumprimento do acerto. Caso o Barça desista do negócio, o Santos ficaria com os 10 milhões de euros.

O jornal ainda publicou que o Barcelona aceitaria esperar Neymar somente após a Copa de 2014, quando termina o contra de Neymar com o Santos. E se o Barcelona quiser o jogador antes terád e negociar o valor com o clube brasileiro.

'Fantasia' - A diretoria do Santos negou o negócio e em nota diz que "informa serem totalmente infundados, inverídicos e fantasiosos os comentários de que o Barcelona, da Espanha, teria garantido prioridade no caso de uma eventual venda futura dos direitos do atleta Neymar Júnior, e que para isso teria realizado um pagamento pelo suposto privilégio'.

O Barcelona também negou que tenha feito pagamento: "'O que fazemos é confirmar os acordos quando estão consumados. Respeitamos que o jogador é integrante de outra equipe, o Santos, e não temos mais nada a dizer. Nunca explicamos nada do que fazemos", disse Toni Freixa, porta-voz do Barcelona.

(Com agência Gazeta Press)

TAGs:
Seleção Brasileira de Futebol
Copa do Mundo
Neymar