Por: Davi Correia - Atualizado em

  • Voltar ao início

  • Todas as imagens da galeria:


"Nunca faltei a nenhum compromisso com o UFC. Jamais marcaria uma viagem para o Brasil se soubesse que deveria estar em Los Angeles", diz Anderson

O jornal americano USA Today publicou na segunda-feira que Anderson Silva, campeão dos médios do UFC, seria multado em 50.000 dólares, cerca de 100.000 reais, por não comparecer a um evento de divulgação da sua próxima luta, contra o americano Chris Weidman, marcada para 6 de julho, em Las Vegas. Nesta terça-feira, o lutador desembarcou em São Paulo para dar continuidade aos treinos para o combate e explicou o ocorrido. Com o semblante tranquilo, o Spider disse que está com a consciência limpa, já que, em função de uma falha de comunicação (que ele preferiu não detalhar), ficou sabendo do evento em Los Angeles apenas na segunda-feira, quando estava indo para o aeroporto para embarcar para o Brasil.

Leia também:

Confira a entrevista exclusiva com Anderson Silva nos EUA

Conheça a academia 'vip' de Anderson Silva na Califórnia

Por que o astro Anderson Silva não aceita qualquer oponente

"Nunca faltei a nenhum compromisso com o UFC. Jamais marcaria uma viagem para o Brasil se soubesse que deveria estar em Los Angeles. Todos sabem que eu sempre bloqueio minha agenda de mídia para me dedicar aos treinos, pois eles são minha prioridade. Sou um atleta e meu foco sempre será treinar e estar preparado para os desafios", disse Anderson ao site de VEJA. Seu último evento com o UFC antes de deixar os Estados Unidos foi a gravação de um comercial para a franquia, na quarta-feira.

Leia também:

UFC 159 faz Anderson pedir Jones - e aposenta Sonnen

UFC divulga pôster da próxima luta de Anderson Silva

Weidman promete 'chocar o mundo' contra Anderson

Não é novidade que Anderson Silva é avesso às entrevistas, como ficou claro em uma passagem do seu filme Como Água (2011). Antes de começar os treinos para o duelo contra Weidman, contudo, ele participou de uma extensa série de entrevistas e cumpriu seus compromissos com os patrocinadores até o dia 30 de abril, revezando-se entre Brasil, Los Angeles e Las Vegas. Como fez em todas suas outras preparações para grandes lutas, o Spider opta por "sumir" da TV e dos jornais e restringir sua comunicação com o público ao seu perfil no Twitter, publicando fotos de seus treinamentos. O maior lutador de MMA do mundo tem até uma explicação curiosa para esse afastamento - diz que se inspira no código dos samurais para priorizar apenas os treinos e ficar completamente focado em seus objetivos.

Acompanhe VEJA Esporte no Facebook

Siga Veja Esporte no Twitter

  • Dana White, o chefão do UFC
  • As ring girls no UFC São Paulo
  • UFC: a ring girl Arianny Celeste na praia, no Rio
  • UFC SP: o que você não viu na TV
  • UFC: Anderson Silva em fotos exclusivas para VEJA
  • UFC Rio 3: o que você não viu na TV
  • UFC Rio 3: por dentro do evento
  • Ronda Rousey, a nova musa do UFC
  • UFC: Anderson Silva x Chael Sonnen
  • No octógono com Júnior Cigano, campeão do UFC
TAGs:
Anderson Silva
Dana White
UFC