Mais Lidas

  1. Justiça de SP envia a Moro pedido de prisão de Lula

    Brasil

    Justiça de SP envia a Moro pedido de prisão de Lula

  2. Barraco na comissão do impeachment: 'Vamos falar lá fora, seu m...'

    Brasil

    Barraco na comissão do impeachment: 'Vamos falar lá fora, seu m...'

  3. 'Game of Thrones' pode mostrar cena decisiva no próximo episódio

    Entretenimento

    'Game of Thrones' pode mostrar cena decisiva no próximo episódio

  4. Justiça do Rio envia ao STF arquivos da Lava Jato com referência a Dilma

    Brasil

    Justiça do Rio envia ao STF arquivos da Lava Jato com referência a...

  5. Sasha Meneghel vai fazer faculdade nos Estados Unidos

    Entretenimento

    Sasha Meneghel vai fazer faculdade nos Estados Unidos

  6. 'Carta de princípios' do PSDB a Temer defende combate à corrupção e redução de ministérios

    Brasil

    'Carta de princípios' do PSDB a Temer defende combate à corrupção e...

  7. Justiça bloqueia bens do senador Lindbergh Farias

    Brasil

    Justiça bloqueia bens do senador Lindbergh Farias

  8. Brasil foi vítima de estelionato eleitoral, diz procurador do TCU

    Brasil

    Brasil foi vítima de estelionato eleitoral, diz procurador do TCU

Al Ahly vence e será rival do Corinthians no Mundial

Jogadores do time paulista tiveram de suportar a neve e o frio intenso de Toyota para ir ao estádio analisar o primeiro adversário da equipe

- Atualizado em

  • Voltar ao início

  • Todas as imagens da galeria:


Ficha técnica

SANFRECCE HIROSHIMA 1 X 2 AL AHLY

SANFRECCE HIROSHIMA Shusaku Nishikawa (Takuya Masuda); Mizumoto, Chiba e Ryota Moriwaki (Seok-Ho); Yojiro Takahagi, Mikic, Aoyama, Koji Morisaki, Kazu Morisaki e Kohei Shimizu (Yamagishi); Hisato Sato. Técnico: Hajime Moriyasu.

AL AHLY Sherif Ekramy; Gomaa, Nagib e Fathi; Ashour, Said, Ghaly (Aboutrika), Kenawy e Soliman (Barakat); Hamdi (Trezeguet) e Gedo. Técnico: Hossam El Badry.

GOLS Hamdi, aos 13, e Hisato Sato, aos 31 minutos do primeiro tempo. Aboutrika, aos 11 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS Kazu Morisaki (Sanfrecce); Soliman, Ashour, Trezeguet, Gomaa (Al Ahly).

RENDA E PÚBLICO não disponíveis.

ÁRBITRO Carlos Vera (Fifa/Equador).

LOCAL Toyota Stadium, em Toyota (Japão).

O Corinthians enfrentará o Al Ahly nas semifinais do Mundial de Clubes, no Japão. Neste domingo, a equipe egípcia conseguiu uma difícil vitória diante do Sanfrecce Hiroshima por 2 a 1, em Toyota, e garantiu o direito de enfrentar o time brasileiro na próxima quarta-feira, às 8h30 (de Brasília), por uma vaga na decisão. Chelsea e Monterrey disputarão a outra semifinal, na quinta.

Os jogadores do Corinthians tiveram que suportar a neve e o intenso frio de Toyota para ir ao estádio e analisar o primeiro adversário da equipe. E viram um time com bons nomes do meio para frente, mas com uma defesa lenta que permitiu muitas oportunidades ao Sanfrecce.

Aos 13 minutos, o time egípcio abriu o placar. Nagib recebeu enfiada de bola pelo lado direito, passou pelo marcador, chegou à linha de fundo, levantou a cabeça e rolou para a marca do pênalti. Hamdi se posicionou bem e, sozinho, tocou para o gol vazio.

O gol acordou o Sanfrecce, que já não podia mais ficar só se defendendo. Aos 31 minutos, após cobrança de escanteio, a zaga do Al Ahly afastou mal, Mikic aproveitou e tocou de cabeça para Sato, que bateu de primeira. O goleiro Ekramy acabou aceitando.

A virada quase aconteceu aos 36 minutos, quando Mikic recebeu pela direita e tocou no meio para Takahagi, que chegou desequilibrado para a bola e tocou torto de joelho.

As chances perdidas pelo Sanfrecce fariam falta e logo na volta para o segundo tempo o Al Ahly voltou a ficar em vantagem. Aos 11 minutos, o veterano Aboutrika, de 34 anos, recebeu lançamento pela direita, ganhou na disputa de corpo com o zagueiro e saiu de frente para o gol. Tranquilo, apenas tirou de Masuda para marcar.

Ao contrário do que aconteceu no primeiro tempo, o gol acuou o Sanfrecce. Aos 35 minutos aconteceu o lance que definiu a partida. Em uma ótima enfiada de bola, Morisaki achou o atacante Sato. O artilheiro do último Campeonato Japonês arrancou sozinho da intermediária, teve tempo de ajeitar o corpo e bater de esquerda, mas errou o alvo e jogou para fora a última chance do Sanfrecce.

Corinthians - Parte do elenco do Corinthians compareceu ao estádio de Toyota. Alguns jogadores, porém, preferiram descansar.

"Tentei até ver o jogo, mas o sono não deixou e dormi no segundo tempo. Não vi o final do placar, acabei cochilando. O que vier está de bom tamanho", afirmou o atacante Jorge Henrique, em entrevista à TV Globo. O jogador foi um dos que preferiram ficar no hotel.

Enquanto isso, o técnico Tite e o gerente de futebol Edu Gaspar foram acompanhados ao estádio por jogadores como Alessandro, Willian Arão, Danilo, Júlio César, Danilo Fernandes, Fábio Santos, Chicão, Ralf, Edenílson e Anderson Polga, que sofreram com o intenso frio, inclusive com neve.

Chelsea - A delegação do Chelsea foi a última a desembarcar no Japão para a disputa do Mundial de Clubes. Neste domingo pela manhã (horário de Brasília), os jogadores e a comissão técnica da equipe inglesa chegaram ao aeroporto de Narita e logo se encaminharam para Yokohama, onde estreiam na competição, na próxima quinta-feira.

(Com Estadão Conteúdo)

TAGs:
Corinthians
Fifa
Mundial de Clubes