Mais Lidas

  1. Justiça de SP envia a Moro pedido de prisão de Lula

    Brasil

    Justiça de SP envia a Moro pedido de prisão de Lula

  2. Só a Globo vai transmitir o Brasileirão 2016. Crise deixa a Band de fora

    Esporte

    Só a Globo vai transmitir o Brasileirão 2016. Crise deixa a Band de...

  3. MP denuncia Lula por suspeitas de atrapalhar investigações da Lava Jato

    Brasil

    MP denuncia Lula por suspeitas de atrapalhar investigações da Lava...

  4. Usa secador de mãos no banheiro? Cuidado, ele transmite até o H1N1

    Saúde

    Usa secador de mãos no banheiro? Cuidado, ele transmite até o H1N1

  5. De Beyoncé a Madonna, saiba quem brilhou — ou assustou — no baile do MET

    Entretenimento

    De Beyoncé a Madonna, saiba quem brilhou — ou assustou — no baile...

  6. Advogados de Dirceu atacam delatores em defesa final

    Brasil

    Advogados de Dirceu atacam delatores em defesa final

  7. Cruz abandona disputa e deixa caminho aberto para Trump

    Mundo

    Cruz abandona disputa e deixa caminho aberto para Trump

  8. Janot pede abertura de inquérito contra Dilma, Lula e Cardozo

    Brasil

    Janot pede abertura de inquérito contra Dilma, Lula e Cardozo

Vídeo do 'Porta dos Fundos' pode ser censurado

A promotoria de Justiça de Defesa dos Direitos do Consumidor analisa nesta quarta-feira pedido de remoção de um dos vídeos do canal do YouTube

- Atualizado em

Vídeo do Porta dos Fundos pode ser retirado do ar
Vídeo do Porta dos Fundos pode ser retirado do ar(Reprodução/VEJA)

Um vídeo do canal de humor Porta dos Fundos, criado por um grupo de comediantes brasileiros, pode ter de ser removido do YouTube. A promotoria de Justiça de Defesa dos Direitos do Consumidor analisa nesta quarta-feira, em audiência, um pedido de remoção do conteúdo, sob acusação de que o mesmo ofende a moral e os bons costumes. No vídeo, o atendente de uma lanchonete tenta convencer uma cliente a substituir um sanduíche por outro "item" do cardápio.

EXCLUSIVO: 'Não sou puritano', diz autor de denúncia contra Porta dos Fundos

LEIA TAMBÉM: Fábio Porchat, o humorista que não perdoa ninguém

O Google negou o pedido - segundo a empresa, não há violação dos termos de uso do YouTube -- e manteve o vídeo no ar. No entanto, representantes da empresa participam, nesta quarta, de audiência no Ministério Público do Distrito Federal, em Brasília, que vai averiguar se o vídeo deve ser retirado do ar.

TAGs:
Youtube
Ministério Público
Humor