Mais Lidas

  1. Justiça de SP envia a Moro pedido de prisão de Lula

    Brasil

    Justiça de SP envia a Moro pedido de prisão de Lula

  2. Justiça do Rio envia ao STF arquivos da Lava Jato com referência a Dilma

    Brasil

    Justiça do Rio envia ao STF arquivos da Lava Jato com referência a...

  3. Barraco na comissão do impeachment: 'Vamos falar lá fora, seu m...'

    Brasil

    Barraco na comissão do impeachment: 'Vamos falar lá fora, seu m...'

  4. Sasha Meneghel vai fazer faculdade nos Estados Unidos

    Entretenimento

    Sasha Meneghel vai fazer faculdade nos Estados Unidos

  5. 'Game of Thrones' pode mostrar cena decisiva no próximo episódio

    Entretenimento

    'Game of Thrones' pode mostrar cena decisiva no próximo episódio

  6. Justiça bloqueia bens do senador Lindbergh Farias

    Brasil

    Justiça bloqueia bens do senador Lindbergh Farias

  7. Brasil foi vítima de estelionato eleitoral, diz procurador do TCU

    Brasil

    Brasil foi vítima de estelionato eleitoral, diz procurador do TCU

  8. Ursinho, fraldas e um chocalho de ouro: confira a lista de presentes da princesa Charlotte

    Mundo

    Ursinho, fraldas e um chocalho de ouro: confira a lista de...

Rodrigo Santoro atua em filme sobre Ernest Hemingway

Produzido pela HBO, 'Hemingway & Gellhorn' foi exibido nesta sexta-feira no Festival de Cannes

Por: Carlos Helí de Almeida, de Cannes - Atualizado em

'Hemingway & Gellhorn': Nicole Kidman e Clive Owen em cena
'Hemingway & Gellhorn': Nicole Kidman e Clive Owen em cena(Reprodução/VEJA)

País homenageado na 65ª edição do Festival de Cannes, mas com discreta participação de filmes em suas mostras, o Brasil surge também na ficha técnica de Hemingway & Gellhorn, de Philip Kaufman, atração desta sexta-feira (25) do pacote de títulos hors-concours. Estrelado por Nicole Kidman e Clive Owen, o drama de época sobre o romance entre o escritor americano Ernest Hemingway (Owen) e a correspondente de guerra Martha Gellhorn (Nicole) conta com a contribuição do ator fluminense Rodrigo Santoro.

Rodrigo Santoro em 'Hemingway & Gellhorn
Rodrigo Santoro em 'Hemingway & Gellhorn(Reprodução/VEJA)

Produzido pelo canal a cabo americano HBO, Hemingway & Gellhorn recria os anos em que Hemingway e Martha, terceira mulher do escritor, viveram juntos, até a jornalista e escritora pedir o divórcio, nos anos 40. Os dois se conheceram em 1936, em um bar da Flórida, quando Hemingway ainda estava casado com Pauline, sua segunda esposa, e o flerte se prolongou nos meses seguintes, quando os dois amantes se encontraram na Espanha, enquanto cobriam a Guerra Civil Espanhola.

Da Espanha para a Itália fascista de Mussolini e até Cuba, onde o autor de Adeus às Armas chegou a fixar residência, o filme acompanha o tumultuado relacionamento entre Hemingway e Martha, casal que privou da intimidade de artistas de Hollywood, aristocratas e até da Primeira Família dos Estados Unidos, Franklin Delano e Eleonor Roosevelt. A história de amor inspirou Hemingway a escrever o romance Por Quem os Sinos Dobram (1940).

Na trama da HBO, Santoro interpreta o espanhol Zarra, professor republicano e amigo da família de John dos Passos, companheiro de garrafa de Hemingway. O brasileiro tem algumas cenas com Nicole Kidman, com quem coestrelara um famoso anúncio do perfume Chanel Nº 5. A atriz australiana está em outro filme em Cannes, o policial The Paperboy, exibido na competição nesta quinta-feira (24); outros compromissos profissionais impediram que o brasileiro participasse da promoção de Hemingway & Gellhorn, que estreia dia 28 nos Estados Unidos, no festival francês.

LEIA TAMBÉM:

Limusine é o refúgio de Robert Pattinson em 'Cosmopolis'

Zac Efron surge erotizado em 'The Paperboy'

On The Road' tem recepção tímida em Cannes

Brad Pitt leva gângster moderno a Cannes

Xica da Silva' abre tributo ao cinema brasileiro

Isabelle Huppert, a dama do 65ª Festival de Cannes

Conheça os filmes da competição

Presidiário brilha em Cannes. Sem aparecer

Hugh Laurie e Stephen Fry voltam a trabalhar juntos

Animais de 'Madagascar 3' invadem Cannes

Humor negro de 'Moonrise Kingdom' abre festival

TAGs:
Cannes
Literatura
Celebridade
Cultura
Cultura Pop