Tarja Séries TV

Cultura

'Os Simpsons' chegam ao episódio de número 500

Julian Assange é o convidado especial do programa, que faz 23 anos em 2012

Julian Assange em os Simpsons

Julian Assange em os Simpsons (Divulgação/VEJA)

O episódio de número 500 da série de desenho animado Os Simpsons foi exibido neste domingo nos Estados Unidos, com a participação especial de Julian Assange, fundador do WikiLeaks. Neste ano, Marge, Homer, Bart, Lisa e Maggie chegaram à vigésima terceira temporada de Os Simpsons, família sempre envolvida em enrascadas que exibem um retrato ácido da sociedade americana.

No episódio de número 500, Homer e Marge ficam sabendo que seus vizinhos, cansados de suas excentricidades, realizam reuniões secretas para tentar expulsá-los de Springfield. É então que se encontram con Julian Assange. O fundador do WikiLeaks gravou seus diálogos de um local desconhecido.

Al Jean, produtor executivo de Os Simpsons, reconheceu que Julian Assange, procurado pela justiça dos Estados Unidos por ter difundido documentos diplomáticos e militares confidenciais, é "um personagem polêmico".

"Debatemos internamente a oportunidade de tê-lo no programa, e decidimos finalmente fazer isso", disse, ressaltando que "nada do que faz" Julian Assange na série "tem a ver" com seus problemas judiciais.

Outros personagens célebres honraram a série com sua presença. Enquanto que o ex-primeiro-ministro britânico Tony Blair e o proprietário do conglomerado de mídia News Corporation, Rupert Murdoch, gravaram sua própria voz para sua aparição no programa, uma paródia do presidente francês, Nicolas Sarkozy, foi divulgada sem seu consentimento.

(Com agência France-Presse)

Assinaturas



Editora Abril Copyright © Editora Abril S.A. - Todos os direitos reservados