- Atualizado em

  • Voltar ao início

  • Todas as imagens da galeria:


Ninguém melhor que Gisele Bündchen para colocar um assunto na moda. Na véspera do Dia Mundial do Meio Ambiente, a top model, que é embaixadora da Boa Vontade do Pnuma (Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente), foi ao Rio de Janeiro para plantar a primeira de uma série de 50 mil árvores que serão símbolo da data - 5 de junho. Gisele não fez feio: arregaçou as mangas, manuseou a pá, sujou as mãos de terra e, ao lado da ministra do Meio Ambiente, Izabella Teixeira, transformou uma muda de sapucaia em celebridade, tamanha a quantidade de flashes dirigidos à planta.

Mais cedo, ao chegar para o evento na Quinta da Boa Vista, Gisele falou do que faz em casa para salvar o planeta. "Reduzimos o volume de lixo, e agora ele só é recolhido de 10 em 10 dias, ou de 15 em 15", explicou, falando sobre a realidade de Boston, nos Estados Unidos, onde mora com o marido, o jogador de futebol americano Tom Brady - tão ou mais famoso que Gisele em seu país.

"Vamos salvar o planeta, gente", pediu Gisele, ao vivo, no programa de Ana Maria Braga, na Rede Globo. "Lá em casa nós temos paineis solares, garrafinhas individuais com filtro para a água, não deixamos a torneira aberta", ensinou.

Descontadas as particularidades do mundo de Gisele, é louvável a iniciativa. A modelo vai participar de uma coletiva com a ministra e o diretor executivo do Pnuma, Achim Steiner, e, à noite, no Copacabana Palace, onde está hospedada, será a estrela da premiação Campeões da Terra, do Pnuma.

TAGs:
Gisele Bündchen
Rio de Janeiro
Rio+20