Ensino técnico

Sisutec oferecerá 240.000 vagas em cursos técnicos

Inscrições podem ser feitas a partir desta terça-feira. Estado de São Paulo ofertará maior número de vagas

Marcela Mattos, de Brasília
Área de tecnologia da informação será uma das principais do programa

Área de tecnologia da informação será uma das principais do programa (Thinkstock/VEJA)

A partir desta terça-feira estarão abertas as inscrições para o Sistema de Seleção Unificada para Cursos Técnicos (Sisutec), programa do governo federal que oferece vagas em cursos técnicos gratuitos a alunos egressos do ensino médio. A seleção se dará com base nas notas do Exame Nacional do Ensino (Enem) de 2012. Ao todo, serão ofertadas 239.792 vagas.

Leia mais:
MEC divulga calendário de seleção do Sisutec
Oito carreiras técnicas com maior expansão de vagas no Brasil

Esta será a primeira edição do programa. A previsão do Ministério da Educação (MEC) é realizar duas seleções por ano, assim como acontece com o Sistema de Seleção Unificada (Sisu). Os critérios para concorrer a uma das vagas nos cursos técnicos são ter concluído o ensino médio e realizado o Enem.

Oitenta e cinco por centro das vagas são destinadas a candidatos que cursaram o ensino médio na rede pública ou que foram bolsistas em redes de ensino privadas. Também terão prioridade nos institutos federais estudantes negros, pardos e indígenas e que sejam oriundos de famílias com renda per capita de até 1,5 salário mínimo (1.017 reais). 

O programa, de acordo com o ministro Aloizio Mercadante, surge como uma solução para resolver um problema "histórico" do país: a dificuldade de acesso ao curso superior. "Este ano nós tivemos 7,2 milhões de inscritos no Enem, mas o total de vagas é de 1,2 milhão. Não tem vaga na universidade", afirmou o titular da Educação. "É uma forma de oferecer mais uma oferta na linha do curso profissionalizante. Historicamente, o Brasil não desenvolveu o ensino profissionalizante."

Mercadante citou a Alemanha como referência para o Sisutec, onde, segundo ele, a média é de cinco estudantes formados em cursos técnicos para um formado em universidade.

As principais vagas ofertadas estão nas áreas da tecnologia da informação e da saúde. Por todo o país, os cursos para técnicos em informática são os que apresentam o maior número de vagas: 23.292, ao todo. Em seguida estão o de técnico de enfermagem (14.263 vagas) e o de técnico em logística (13.576 vagas). O tempo para formação varia entre um e dois anos.

A distribuição das vagas será de acordo com a qualidade na rede privada de ensino superior. O estado de São Paulo é o que oferece o maior número de oportunidades: 76.662 vagas, seguido por Pernambuco (40.700) e Minas Gerais (27.947). Já Roraima (490), Rondônia (430) e Amazonas (160) estão no fim da lista.

Os cursos estarão disponíveis, na maior parte, nas redes privadas de ensino. Todas as instituições interessadas em participar do programa deverão apresentar índices de qualidade superior a 3, em uma escala que varia de 1 a 5.

As inscrições podem ser feitas pelo site do MEC (http://sisutec.mec.gov.br) até o dia 12 de agosto. O resultado da primeira chamada será divulgado em 14 de agosto e o início das aulas está previsto para entre os dias 22 de agosto a 21 de outubro.  

Leia mais:
MEC divulga calendário de seleção do Sisutec
Oito carreiras técnicas com maior expansão de vagas no Brasil

Assinaturas



Editora Abril Copyright © Editora Abril S.A. - Todos os direitos reservados