Mais Lidas

  1. Sonia Abrão abandona programa após ouvir choro

    Entretenimento

    Sonia Abrão abandona programa após ouvir choro

  2. "Quando encontrar meu corpo, avise meu marido e minha filha"

    Mundo

    "Quando encontrar meu corpo, avise meu marido e minha filha"

  3. Veja fotos da casa onde adolescente foi estuprada no Rio

    Brasil

    Veja fotos da casa onde adolescente foi estuprada no Rio

  4. Para Lula, eleição de Dilma foi seu erro mais grave, revela novo áudio

    Brasil

    Para Lula, eleição de Dilma foi seu erro mais grave, revela novo áudio

  5. MP defende afastamento do delegado do caso de estupro coletivo no Rio de Janeiro

    Brasil

    MP defende afastamento do delegado do caso de estupro coletivo no...

  6. Paixão, obsessão e morte

    Entretenimento

    Paixão, obsessão e morte

  7. Comercial chinês de sabão é acusado de ser o mais racista da história

    Mundo

    Comercial chinês de sabão é acusado de ser o mais racista da história

  8. A selvageria continua: bandidos fazem ofensiva para difamar vítima de estupro coletivo

    Brasil

    A selvageria continua: bandidos fazem ofensiva para difamar vítima...

Tombo do petróleo faz Bovespa ter perda de mais de 5% na semana; Petrobras despenca

Mercados passaram esta sexta-feira sob a influência do preço do barril da commodity, que fechou abaixo de 30 dólares pela primeira vez desde 2004

- Atualizado em

Pregão eletrônico da Bovespa em São Paulo
Pregão eletrônico da Bovespa em São Paulo(Reinaldo Canato/VEJA)

O principal índice da Bovespa fechou em queda nesta sexta-feira, pressionado pelo cenário negativo no exterior e com o petróleo Brent recuando abaixo de 29 dólares o barril. De acordo com dados preliminares, o Ibovespa caiu 2,47%, a 38.524 pontos, menor patamar desde 9 de março de 2009. Na semana, a bolsa acumulou perda de 5,14%.

No pior momento desta sexta, o Ibovespa caiu 3,83%, recuo que o levou a 37.986 pontos. O volume financeiro no pregão somava 4,9 bilhões de reais nesta sexta-feira. A Petrobras, um dos destaques negativos do dia, teve forte queda. Os papéis ON (com direito a voto) caíram 7,19%, para 6,71 reais, e os PN recuaram 9,14%, para 5,17 centavos.

O barril de petróleo Brent para entrega em março fechou nesta sexta-feira em forte queda, de 6,7%, no mercado de futuros de Londres, cotado a 28,94 dólares.. Com isso, o preço do barril terminou uma sessão abaixo da barreira de 30 dólares pela primeira vez desde fevereiro de 2004.

O dólar também passou a sexta-feira sob influência do mau humor externo. A moeda americana subiu 1,19%, a 4,04 reais, acumulando uma pequena alta na semana, de 0,14%.

"Os mercados globais como um todo sofreram muito hoje, é um dia de pânico. Na realidade, é um pouco surpreendente que o dólar tenha subido só isso aqui", afirmou o gerente de câmbio de uma corretora nacional.

O índice acionário de Xangai encerrou esta semana no menor nível desde dezembro de 2014, pressionado por dados de crédito piores que o esperado. O tombo das ações chinesas vem alimentando preocupações com a saúde da segunda maior economia do mundo e reduzindo a demanda por moedas ligadas a commodities.

Leia mais:

EUA exportam petróleo pela primeira vez em 40 anos

(Da redação)