Mais Lidas

  1. Temer vence 1ª batalha e Congresso aprova meta fiscal

    Brasil

    Temer vence 1ª batalha e Congresso aprova meta fiscal

  2. Sequestrador de Ana Hickmann foi ‘assassinado com crueldade e frieza’, diz irmã

    Entretenimento

    Sequestrador de Ana Hickmann foi ‘assassinado com crueldade e...

  3. Afastado do Planejamento, Jucá ocupa tribuna do Congresso e provoca bate-boca

    Brasil

    Afastado do Planejamento, Jucá ocupa tribuna do Congresso e provoca...

  4. Ouça a conversa entre Ana Hickmann e fã que a atacou

    Entretenimento

    Ouça a conversa entre Ana Hickmann e fã que a atacou

  5. Congresso destrava pauta e abre caminho para votação da nova meta fiscal

    Brasil

    Congresso destrava pauta e abre caminho para votação da nova meta...

  6. Gilmar Mendes presidirá 2ª Turma do STF, responsável por julgar Lava Jato

    Brasil

    Gilmar Mendes presidirá 2ª Turma do STF, responsável por julgar...

  7. Morre, aos 65, o criminalista Arnaldo Malheiros Filho

    Brasil

    Morre, aos 65, o criminalista Arnaldo Malheiros Filho

  8. Bruna Linzmeyer sensualiza após ataques homofóbicos no Instagram

    Entretenimento

    Bruna Linzmeyer sensualiza após ataques homofóbicos no Instagram

Lucro do Banco do Brasil sobe 29% em 2013, a R$ 15,75 bi

No quarto trimestre do ano passado, contudo, lucro da instituição financeira recuou 23,7%, para 3,025 bilhões de reais em comparação a 2012

- Atualizado em

Agência do Banco do Brasil em Brasília
Agência do Banco do Brasil em Brasília(Adriano Machado/Bloomberg/Getty Images/VEJA)

O Banco do Brasil informou nesta quinta-feira que registrou lucro líquido de 3,025 bilhões de reais no quarto trimestre de 2013, cifra 23,7% inferior à de igual intervalo de 2012, de 3,967 bilhões de reais. No conceito ajustado, o lucro no período ficou em 2,424 bilhões de reais, queda de 23,8% em um ano e de 7,1% ante o terceiro trimestre. No acumulado do ano de 2013, o lucro líquido do BB ficou em 15,758 bilhões de reais, aumento de 29,1% em relação a 2012.

O resultado da instituição no período é superior ao anunciado na semana passada pelo Itaú (15,696 bilhões de reais) e que era até aqui o maior para bancos brasileiros com capital aberto, de acordo com levantamento da consultoria Economatica. No conceito ajustado, porém, o lucro do BB foi de 10,353 bilhões de reais, recuo de 10,2% na mesma base de comparação.

Crédito - A carteira de crédito ampliada do banco, que inclui títulos privados e garantias prestadas, encerrou dezembro em 692,915 bilhões de reais, alta de 6,2% ante setembro e de 19,3% em um ano. Os destaques do período, conforme relatório da instituição que acompanha suas demonstrações financeiras, foram os empréstimos destinados às empresas, que registraram avanço em 12 meses de 19,5%, para 323,247 bilhões de reais, respondendo por 42,0% da carteira total da instituição. Ante setembro, a alta foi de 7,1%.

Já o crédito para pessoa física somou 168,069 bilhões de reais, alta de 10,6% em 12 meses e de 2,5% em relação a setembro, com participação de 26,9%. Ao final de 2013, o BB voltou a ampliar sua participação em crédito no sistema financeiro nacional, que passou de 20,7% em setembro para 21,1% em dezembro.

Os ativos do Banco do Brasil foram a 1,304 trilhão de reais ao final de dezembro último, montante 13,5% maior que o apresentado em um ano, de 1,149 trilhão de reais, favorecido pela expansão da carteira de crédito, conforme o banco.

O retorno sobre o patrimônio líquido anualizado (RSPL) no conceito ajustado do BB ficou em 14,2% ao final de dezembro ante 21,2% registrado em 12 meses. O banco também divulgou retorno de 18,0% no período de referência contra 27,0% em um ano.

O BB encerrou o quarto trimestre com patrimônio líquido médio de 72,225 bilhões de reais. A cifra é 17,4% superior ao mesmo período de 2012, de 61,499 bilhões de reais.

(Com Estadão Conteúdo)

TAGs:
Banco
Banco do Brasil