Mais Lidas

  1. Ex de Susana Vieira vira garçom e vende artesanato na web

    Entretenimento

    Ex de Susana Vieira vira garçom e vende artesanato na web

  2. Falta uma semana para descermos a rampa com Dilma, diz ex-ministro

    Brasil

    Falta uma semana para descermos a rampa com Dilma, diz ex-ministro

  3. Clientes de restaurante vegano descobrem que donos comem carne e se revoltam

    Mundo

    Clientes de restaurante vegano descobrem que donos comem carne e se...

  4. Governistas já ensaiam discurso de oposição - e cobram até redução de ministérios

    Brasil

    Governistas já ensaiam discurso de oposição - e cobram até redução...

  5. STF arquiva acusação de Delcídio contra Dilma por caso Pasadena

    Brasil

    STF arquiva acusação de Delcídio contra Dilma por caso Pasadena

  6. Atriz revela ser dublê de corpo do nude de Maitê Proença

    Entretenimento

    Atriz revela ser dublê de corpo do nude de Maitê Proença

  7. Suzane Richthofen deixa cadeia em saída do Dia das Mães

    Brasil

    Suzane Richthofen deixa cadeia em saída do Dia das Mães

  8. Corinthians decepciona em casa e cai na Libertadores

    Esporte

    Corinthians decepciona em casa e cai na Libertadores

Hotéis no Rio voltam a ter quartos para a Rio+20

Reservas feitas para o evento mas não confirmadas voltam a ficar disponíveis, depois de reunião de representantes do governo federal com empresários

- Atualizado em

A fachada do Copacabana Palace, um dos hotéis preferidos pelas estrelas internacionais que visitam o Rio de Janeiro
A fachada do Copacabana Palace, um dos hotéis preferidos pelas estrelas internacionais que visitam o Rio de Janeiro(Renata Xavier/VEJA)

Os hotéis de alto padrão no Rio de Janeiro voltaram a ter quartos disponíveis para o período de 13 a 19 de junho, quando vão acontecer as primeiras reuniões da Rio+20, conferência da ONU sobre ambiente. Os quartos haviam sido bloqueados para o evento, mas muitos não tiveram as reservas confirmadas devido às altas tarifas e à obrigatoriedade de pagar por um pacote por todos os dias do evento.

As delegações queriam reservar diárias para dias específicos. O governo participou quarta-feira de uma reunião com a Terramar, operadora de turismo oficial do evento, e empresários do setor hoteleiro, quando foi decidida a redução de tarifas e a permissão para reservas em datas específicas.

Para o período principal da conferência, de 20 a 22 de junho, todos os 7.285 apartamentos bloqueados pela Terramar em hotéis de luxo e de categoria superior serão ocupados. No período entre 13 e 19 de junho, pelo menos 3.500 quartos que haviam sido bloqueados, mas não tiveram as reservas confirmadas, voltariam a estar disponíveis a partir desta quinta-feira.

Entre as cinco redes de hotéis consultadas pela reportagem, duas ofereciam vagas e três continuavam lotadas nesta quinta-feira. Pelo site, a rede Windsor oferece vagas em quatro hotéis, dois em Copacabana e dois no centro do Rio. A diária para casal varia de R$ 438 a R$ 933, conforme o hotel escolhido. O hotel Marriott de Copacabana também tem vagas para os dias 13 a 19, e a diária para casal custa R$ 1.389. Os seis hotéis da rede Othon situados no Rio permanecem lotados. As duas unidades da rede Caesar Park, em Ipanema e Botafogo, e o hotel Pestana, em Copacabana, também não têm vagas para o período entre 13 e 19 de junho.

(Com Agência Estado)

LEIA TAMBÉM:

Conheça o calendário da Rio+20

Dilma preocupada com a Rio+20

TAGs:
Rio de Janeiro
Turismo
Olimpíada
Rio+20