Mais Lidas

  1. Lula sempre ganhou mensalinho da OAS, diz empreiteiro

    Brasil

    Lula sempre ganhou mensalinho da OAS, diz empreiteiro

  2. A miss-bumbum e o clima de fim da festa no Planalto

    Brasil

    A miss-bumbum e o clima de fim da festa no Planalto

  3. Janot pede ao STF que proíba PF de negociar delações

    Brasil

    Janot pede ao STF que proíba PF de negociar delações

  4. Senadora governista tenta paralisar comissão do impeachment

    Brasil

    Senadora governista tenta paralisar comissão do impeachment

  5. Temer monta seu governo: “Quero entrar para a história”

    Brasil

    Temer monta seu governo: “Quero entrar para a história”

  6. Denúncia contra Dilma não deve ser ampliada, diz Lira

    Brasil

    Denúncia contra Dilma não deve ser ampliada, diz Lira

  7. FHC presta depoimento à PF sobre acusações de ex-amante

    Brasil

    FHC presta depoimento à PF sobre acusações de ex-amante

  8. Janaína Paschoal: 'Foram anos de falsidade ideológica na nossa cara'

    Brasil

    Janaína Paschoal: 'Foram anos de falsidade ideológica na nossa cara'

Foxconn ainda não tem licença para produzir iPads no Brasil com isenção fiscal

Apesar de o ministro Aloizio Mercadante ter declarado que haverá iPads nacionais no Natal, a empresa não tem a habilitação para produzir com redução de impostos

- Atualizado em

iPad 2
Foxconn produzirá no Brasil, pela primeira vez fora da China, o iPad(Christof Stache/AFP/VEJA)

A empresa taiwanesa Foxconn ainda não recebeu a licença do governo para produzir iPads no Brasil com redução de impostos federais e estaduais. A companhia ainda não consta na lista do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCT), chamada "Produtos e modelos habilitados à fruição dos benefícios fiscais da Lei de Informática", atualizada automaticamente a cada licença emitida. A habilitação enquadraria o iPad no novo Processo Produtivo Básico (PPB), que consta na Lei de Informática, e que permitiria baratear seu preço final em até 40%. Sem essa permissão, a companhia não inicia produção, o que torna ainda mais distante a possibilidade de os tablets da Apple fabricados no país estarem à venda neste Natal.

A constatação torna ainda mais estranha a declaração do ministro da Ciência, Tecnologia e Inovação, Aloizio Mercadante, nesta terça-feira em audiência na Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) do Senado. Aos parlamentares presentes, ele afirmou que haverá iPads nacionais nas redes varejistas já no Natal deste ano. A declaração dificilmente é verdadeira. Quatro semanas atrás, o site de VEJA visitou a fábrica da taiwanesa Foxconn - que tem o contrato mundial para fabricar os tablets para a Apple - em Jundiaí (SP) e obteve da empresa a garantia de que não havia condições técnicas para a oferta do produto em prazo tão curto, mesmo que a habilitação fosse emitida em breve. Agora, com pouco mais de três meses para as festas de fim de ano, a tarefa está ainda mais difícil de ser cumprida.

A explicação dada ao site de VEJA, em 24 de agosto, é que, tão logo fosse emitida a habilitação, a empresaria começaria a produzir, primeiramente, em caráter experimental para, só depois, aos poucos, operar a todo vapor. Além disso, cerca de 200 brasileiros encontravam-se na época em Shenzen, na China, em treinamento. Com isso, a companhia havia colocado como perspectiva otimista a chegada do iPad 'made in Brazil' no varejo nacional apenas em 2012. Procurada para comentar a frase do ministro nesta terça, a Foxconn não foi localizada.

O país já vive hoje, aliás, o período em que as redes varejistas estão fazendo seus pedidos aos fabricantes para as vendas do Natal - a principal festividade para o desempenho do setor. Logo, mesmo que quisessem, essas empresas não podem efetuar pedidos à Foxconn de algo que nem começou a ser produzido.

O ministro Mercadante acertou, no entanto, quando afirmou que a fábrica já estava pronta para começar a produzir. De fato, a reportagem de VEJA, que visitou o condomínio industrial Global, em Jundiaí, onde será fabricado o iPad, pôde conferir a intensa movimentação dos funcionários. A estrutura estava toda montada. Afirmar, no entanto, que haverá iPads brasileiros para dezembro ocupa mais o campo do sonho do que da realidade.

TAGs:
Apple
iPad