Mais Lidas

  1. STF barra crédito extra de 100 milhões de reais para publicidade do governo

    Brasil

    STF barra crédito extra de 100 milhões de reais para publicidade do...

  2. Justiça bloqueia bens do senador Lindbergh Farias

    Brasil

    Justiça bloqueia bens do senador Lindbergh Farias

  3. Temer monta seu governo: “Quero entrar para a história”

    Brasil

    Temer monta seu governo: “Quero entrar para a história”

  4. Família real britânica divulga fotos da princesa Charlotte

    Mundo

    Família real britânica divulga fotos da princesa Charlotte

  5. Marta Suplicy é vaiada em discurso em São Paulo. De novo

    Brasil

    Marta Suplicy é vaiada em discurso em São Paulo. De novo

  6. Cunha chama reajuste no Bolsa Família de irresponsabilidade fiscal

    Brasil

    Cunha chama reajuste no Bolsa Família de irresponsabilidade fiscal

  7. 1º de Maio: Dilma oficializa reajuste de 9% no Bolsa Família

    Brasil

    1º de Maio: Dilma oficializa reajuste de 9% no Bolsa Família

  8. A miss-bumbum e o clima de fim da festa no Planalto

    Brasil

    A miss-bumbum e o clima de fim da festa no Planalto

Mercado eleva previsão para IPCA de 2013

Apesar das projeções para a inflação deste ano se manterem em 5,24%, mesma da semana anterior. Para 2013, a estimativa para o IPCA subiu de 5,02% a 5,11%

- Atualizado em

Inflação
Para 12 meses, a estimativa para o IPCA subiu a 5,28%, após 5,27% no relatório anterior(Noel Hendrickson/VEJA)

O mercado financeiro manteve suas previsões para a inflação neste ano, mas elevou a estimativa para a alta dos preços em 2013, mostrou o relatório Focus do Banco Central nesta segunda-feira. As projeções indicam que o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) irá fechar 2012 em 5,24%, a mesma projeção da semana anterior.

No entanto, o prognóstico para 2013 subiu a 5,11%, contra 5,02%. Para 12 meses, a estimativa para o IPCA subiu ligeiramente a 5,28%, após 5,27% no relatório anterior.

Já a previsão para a taxa básica de juros, a Selic, para o fim desse ano foi mantida em 9,5% ao ano. Hoje a taxa está em 10,5% ao ano. Para 2013, também não houve alteração, e a estimativa permaneceu em 10,50% ao ano.

PIB - O mercado financeiro manteve a previsão de crescimento da economia brasileira. De acordo com a pesquisa Focus, foi mantida a expectativa de que o Produto Interno Bruto (PIB) de 2012 avance 3,30%, aposta repetida pela terceira pesquisa seguida. Para 2013, analistas seguem com a aposta de crescimento de 4,10%, número repetido há duas semanas. Há um mês, o mercado previa expansão de 3,27% e 4,15%, respectivamente, para cada ano.

O levantamento semanal mostra ainda que a mediana das expectativas para o crescimento da produção industrial em 2012 reagiu após três semanas consecutivas de piora das e subiu de 2,50% para 2,60%. Quatro semanas antes, economistas trabalhavam com crescimento industrial de 3%. Para 2013, a expectativa de avanço do setor industrial também subiu e passou de 4% para 4,05%.

Analistas reduziram ainda a previsão para o indicador que mede a relação entre a dívida líquida do setor público e o PIB em 2012, de 36,70% para 36,20%. Para 2013, a expectativa caiu de 35,05% para 35%. Há quatro semanas, as projeções estavam em, respectivamente, em 36,95% e 35,80% do PIB para cada um dos dois anos.

Câmbio - O mercado financeiro manteve todas as projeções para o dólar em 2012 e 2013 na pesquisa Focus. De acordo com o levantamento, a previsão para a taxa de câmbio no fim de 2012 e também no fim de 2013 foi mantida em R$ 1,75. A previsão para o dólar no fim deste ano foi mantida pela terceira pesquisa seguida. Para 2013, a aposta segue inalterada há 12 semanas. Há um mês, o mercado projetava o dólar a 1,80 real no fim de 2012 e a 1,75 real no ano seguinte.

Para o câmbio médio, o cenário é idêntico. A previsão de dólar médio em 2012 e também em 2013 é de 1,75 real. Há um mês, analistas previam câmbio médio de 1,78 real em 2012. Para 2013, a expectativa segue inalterada há oito semanas.

(Com Agência Estado e Reuters)

TAGs:
Banco Central
Inflação
IPCA