Mais Lidas

  1. PF deflagra 30ª fase da Lava Jato e descobre mais de R$ 40 mi em propina

    Brasil

    PF deflagra 30ª fase da Lava Jato e descobre mais de R$ 40 mi em...

  2. Moro, aplausos e um pedido: 'Prenda o Lula'

    Brasil

    Moro, aplausos e um pedido: 'Prenda o Lula'

  3. Ouça a conversa entre Ana Hickmann e fã que a atacou

    Entretenimento

    Ouça a conversa entre Ana Hickmann e fã que a atacou

  4. PT obstrui votação e Câmara demora 6 horas para aprovar MP

    Brasil

    PT obstrui votação e Câmara demora 6 horas para aprovar MP

  5. Jucá dá o troco em desafeto: 'Ele deveria entregar a mulher, que é procurada pela polícia'

    Brasil

    Jucá dá o troco em desafeto: 'Ele deveria entregar a mulher, que é...

  6. Jucá é exonerado do cargo de ministro do Planejamento

    Brasil

    Jucá é exonerado do cargo de ministro do Planejamento

  7. Na Argentina, Serra firma acordo de 'coordenação política'

    Brasil

    Na Argentina, Serra firma acordo de 'coordenação política'

  8. Dubladora apoia campanha por namorada para Elsa, de ‘Frozen’

    Entretenimento

    Dubladora apoia campanha por namorada para Elsa, de ‘Frozen’

Bradesco Seguros lucra R$ 860 mi no 4º tri de 2011

- Atualizado em

Por Aline Bronzati

São Paulo - O grupo Bradesco de Seguros e Previdência obteve lucro líquido de R$ 860 milhões no quarto trimestre do ano passado, cifra 10,2% superior do que a registrada no terceiro trimestre. O resultado de 2011 fechado foi de R$ 3,2 bilhões. O valor representa alta de 10,2% perante o ano imediatamente anterior.

Os prêmios emitidos totalizaram R$ 11,1 bilhões de outubro a dezembro do ano passado, elevação de 23% ante o terceiro trimestre, impulsionado pela Bradesco Vida e Previdência, que foi beneficiada pela maior concentração de contribuições no período. A receita de planos de previdência e VGBL (Vida Gerador de Benefício Livre) foi de R$ 5,9 bilhões no quarto trimestre, aumento de 28,3% ante o mesmo intervalo do ano passado.

Em 2011, a Bradesco Seguros apresentou prêmios de R$ 37,6 bilhões, expansão de 21,3% na comparação com o resultado do ano anterior, superando as expectativas da companhia, que esperava crescer entre 15% a 18%. O destaque no balanço anual do grupo ficou para os segmentos de vida e previdência, seguro saúde e capitalização, cujos prêmios cresceram 23,8%, 22% e 22,7%, nesta ordem. Os prêmios da Bradesco Auto RE totalizaram R$ 983 milhões no quarto trimestre do ano passado, alta de 13,6% na comparação com o mesmo período do ano passado.

Os seguros massificados (vendas de apólices de pequeno valor por meio de parcerias) contribuíram para o crescimento da base de clientes da Bradesco Auto Re, que nos últimos 12 meses teve elevação de 10,7%, atingindo cerca de 3,7 milhões de clientes. A companhia está com "forte estratégia" para o segmento de seguros residenciais, no qual os prêmios cresceram 41,2% em 2011, com cerca de 1,9 milhão de residências seguradas.

O índice de sinistralidade total da seguradora ficou em 68,6% no quarto trimestre, retração de 2,5 ponto porcentual ante 12 meses e de 2,9 p.p. na comparação com o terceiro trimestre. Já o índice combinado, que mede a eficiência operacional da companhia, fechou dezembro em 83,6%, recuo de 1,5 p.p. e de 2,6 p.p., nas mesmas base de comparação. Para este indicador, quanto menor, melhor o desempenho da seguradora.