Mais Lidas

  1. Doleiro ligado a Eduardo Cunha é preso em ação da Lava Jato em Brasília

    Brasil

    Doleiro ligado a Eduardo Cunha é preso em ação da Lava Jato em...

  2. Movimentação financeira de 'garçom do Lula' foi 69 vezes superior aos seus rendimentos

    Brasil

    Movimentação financeira de 'garçom do Lula' foi 69 vezes superior...

  3. STF suspende ações de juízes do Paraná contra o jornal 'Gazeta do Povo'

    Brasil

    STF suspende ações de juízes do Paraná contra o jornal 'Gazeta do...

  4. Luiza Brunet diz ter sido espancada pelo ex, Lírio Parisotto

    Entretenimento

    Luiza Brunet diz ter sido espancada pelo ex, Lírio Parisotto

  5. Membros do Estado Islâmico que fugiam de Fallujah são dizimados no Iraque

    Mundo

    Membros do Estado Islâmico que fugiam de Fallujah são dizimados no...

  6. PF descobre laços impróprios entre Toffoli e empreiteiro do petrolão

    Brasil

    PF descobre laços impróprios entre Toffoli e empreiteiro do petrolão

  7. Turista alemão morre ao tentar tirar selfie em Machu Picchu

    Mundo

    Turista alemão morre ao tentar tirar selfie em Machu Picchu

  8. Kroton compra a Estácio e amplia domínio do setor de educação

    Economia

    Kroton compra a Estácio e amplia domínio do setor de educação

Bradesco Seguros lucra R$ 860 mi no 4º tri de 2011

- Atualizado em

Por Aline Bronzati

São Paulo - O grupo Bradesco de Seguros e Previdência obteve lucro líquido de R$ 860 milhões no quarto trimestre do ano passado, cifra 10,2% superior do que a registrada no terceiro trimestre. O resultado de 2011 fechado foi de R$ 3,2 bilhões. O valor representa alta de 10,2% perante o ano imediatamente anterior.

Os prêmios emitidos totalizaram R$ 11,1 bilhões de outubro a dezembro do ano passado, elevação de 23% ante o terceiro trimestre, impulsionado pela Bradesco Vida e Previdência, que foi beneficiada pela maior concentração de contribuições no período. A receita de planos de previdência e VGBL (Vida Gerador de Benefício Livre) foi de R$ 5,9 bilhões no quarto trimestre, aumento de 28,3% ante o mesmo intervalo do ano passado.

Em 2011, a Bradesco Seguros apresentou prêmios de R$ 37,6 bilhões, expansão de 21,3% na comparação com o resultado do ano anterior, superando as expectativas da companhia, que esperava crescer entre 15% a 18%. O destaque no balanço anual do grupo ficou para os segmentos de vida e previdência, seguro saúde e capitalização, cujos prêmios cresceram 23,8%, 22% e 22,7%, nesta ordem. Os prêmios da Bradesco Auto RE totalizaram R$ 983 milhões no quarto trimestre do ano passado, alta de 13,6% na comparação com o mesmo período do ano passado.

Os seguros massificados (vendas de apólices de pequeno valor por meio de parcerias) contribuíram para o crescimento da base de clientes da Bradesco Auto Re, que nos últimos 12 meses teve elevação de 10,7%, atingindo cerca de 3,7 milhões de clientes. A companhia está com "forte estratégia" para o segmento de seguros residenciais, no qual os prêmios cresceram 41,2% em 2011, com cerca de 1,9 milhão de residências seguradas.

O índice de sinistralidade total da seguradora ficou em 68,6% no quarto trimestre, retração de 2,5 ponto porcentual ante 12 meses e de 2,9 p.p. na comparação com o terceiro trimestre. Já o índice combinado, que mede a eficiência operacional da companhia, fechou dezembro em 83,6%, recuo de 1,5 p.p. e de 2,6 p.p., nas mesmas base de comparação. Para este indicador, quanto menor, melhor o desempenho da seguradora.