31/01/2012 - 10:04
Fonte: Logo-efe

Economia

Banco Bradesco cresce 10,04% em 2011

São Paulo, 31 jan (EFE).- O Bradesco, segundo maior banco privado do Brasil, aumentou lucro líquido em 10,04% em 2011, para os R$ 11,02 bilhões, informou nesta terça-feira a empresa.

No quarto trimestre, o lucro chegou a R$ 2,7 bilhões, com redução de 8,77% na comparação com o mesmo período do ano passado, conforme balanço anual enviado aos acionistas.

Do total do lucro líquido, 71% correspondem às atividades financeiras do banco, enquanto os 29% restantes são procedentes do segmento de seguros.

O Bradesco terminou o ano com taxa de inadimplência de 3,9%, superior aos 3,6% de 2010. A carteira de crédito do banco era no fim de 2011 a R$ 345,7 bilhões, com aumento de 17,1%.

Cerca de dois terços da carteira de crédito (R$ 237 bilhões) corresponde a empréstimos a empresas, segmento que subiu 20,4% no ano.

Os ativos totais do banco atingiram em dezembro em R$ 761,5 bilhões, com alta anual de 19,5%. O valor de mercado do Bradesco alcançou os R$ 106,9 bilhões em 31 de dezembro.

O Bradesco investiu no ano R$ 4,3 bilhões em infraestrutura, informática e telecomunicações.

A maior parcela foi aplicada na abertura de 1.009 filiais, elevando a rede para 4.634 escritórios e 3 mil caixas e postos de atendimento ao cliente. O grupo Bradesco conta com 104.684 funcionários. EFE

Assinaturas



Editora Abril Copyright © Editora Abril S.A. - Todos os direitos reservados