Espaço

Nave da Nasa tenta entrar na órbita de Mercúrio

Messenger tem por objetivo estudar a composição e fazer imagens do planeta

Messenger: sonda percorreu 7,9 bilhões de quilômetros para chegar ao planeta Mercúrio

Messenger: sonda percorreu 7,9 bilhões de quilômetros para chegar ao planeta Mercúrio (Nasa/VEJA)

A sonda Messenger, da Nasa, está a ponto de entrar na órbita de Mercúrio nesta quinta-feira, para circundar o planeta durante um ano terrestre. A nave está levando equipamentos que analisarão a composição da superfície e da atmosfera e um sistema de câmeras para a confecção de mapas topográficos.

A Messenger começou sua viagem há mais de seis anos. Percorreu 7,9 bilhões de quilômetros e sobrevoou, além da Terra e Mercúrio, também o planeta Vênus.

Quando a Messenger acender seu maior propulsor às 0h45 GMT de quinta-feira (21h45 de Brasília), uma manobra de 14 minutos reduzirá sua velocidade e fixará a trajetória ao redor de Mercúrio, transformando-a na primeira nave espacial a orbitar o planeta mais próximo ao Sol.

"A inserção colocará a nave em uma órbita de 12 horas em torno de Mercúrio, a uma altura mínima de 200 quilômetros", afirmou a agência espacial americana, que cobrirá o evento ao vivo.

Quando chegar à órbita de Mercúrio, a Messenger estará a 46,14 milhões de quilômetros do Sol e a 155,06 milhões de quilômetros da Terra.

Saiba mais sobre a Messenger abaixo:

 

(Com Agência France Presse)

Assinaturas



Editora Abril Copyright © Editora Abril S.A. - Todos os direitos reservados