Exploração espacial

Cerimônia presta última homenagem a Neil Armstrong

Armstrong morreu no dia 25 de agosto por complicações resultantes de uma cirurgia cardíaca

Familiares de Neil Armstrong participam de cerimônia em homenagem ao astronauta em Washington em 13 de setembro

Familiares de Neil Armstrong participam de cerimônia em homenagem ao astronauta em Washington (Evan Vucci/AFP)

Os Estados Unidos prestaram sua homenagem final a Neil Armstrong, o primeiro homem a pisar na Lua, em uma cerimônia na Catedral Nacional de Washington, Distrito de Columbia, na qual estiveram presentes altos funcionários da Nasa, companheiros astronautas, familiares e a guarda de honra da marinha americana.

Na cerimônia, foi recordado um trecho de um famoso discurso gravado há 50 anos pelo então presidente, John F. Kennedy, sobre o compromisso dos Estados Unidos de ir à Lua.

"Armstrong deu o primeiro pequeno passo em um mundo além do nosso, mas foram sua coragem, gentileza e humildade que ele mostrou ao longo de seu vida o que o levaram além das estrelas", declarou Charles Bolden, chefe da Nasa.

Esta cerimônia pública acontece duas semanas depois de um discreto funeral privado que refletiu a natureza extremamente íntima de Armstrong.

As cinzas do capitão da Apollo 11, que morreu em 25 de agosto por complicações resultantes de uma cirurgia cardíaca, serão espalhadas no mar.

Armstrong entrou para a história em 20 de julho de 1969, ao se tornar o primeiro ser humano a caminhar na Lua e declarar que a façanha representava "um pequeno passo para o homem, um gigantesco salto para a humanidade".

(Com Agência France Presse)

Assinaturas



Editora Abril Copyright © Editora Abril S.A. - Todos os direitos reservados