Memória

Morre aos 77 anos o escritor e jornalista Ivan Lessa

Escritor vivia em Londres desde 1978 e sofria de graves problemas respiratórios. A causa da morte, porém, ainda não foi divulgada

O jornalista e escritor Ivan Lessa

O jornalista e escritor Ivan Lessa (Divulgação/Companhia das Letras)

Morreu em Londres na noite desta sexta-feira, aos 77 anos, o jornalista, cronista e escritor Ivan Pinheiro Themudo Lessa. A causa da morte ainda não foi divulgada mas, de acordo com as primeiras informações, teria sido em consequência de um enfisema pulmonar. O escritor vivia na capital inglesa desde 1978. Lessa nasceu em São Paulo em 9 de maio de 1935, mas cresceu no Rio de Janeiro.

Acervo Digital VEJA: Leia uma das crônicas de Ivan Lessa em VEJA
Diogo Mainardi: Ivan Lessa, o maior escritor brasileiro

Filho escritor Orígenes Lessa, Ivan Lessa nasceu em 9 de maio de 1935. Foi fundador e um dos principais colaboradores do jornal O Pasquim, o tabloide incendiário que fustigava a ditadura militar. Na publicação, ficava a cargo da coluna Gip Gip Nheco Nheco. Foi autor de frases célebres, como: "A cada quinze anos, o Brasil esquece os últimos quinze anos". 

Foi colaborador de VEJA entre os anos de 1995 e 1998, como crítico literário e cronista. Também colaborou regularmente para a revista Playboy. Foi colunista dos jornais Folha de S. Paulo, O Estado de S. Paulo e Jornal do Brasil.

Ivan Lessa também escreveu três livros: Garotos da FuzarcaIvan Vê o Mundo e O Luar e a Rainha. No prefácio de Garotos da Fuzarca, Millôr Fernandes, companheiro de Lessa em O Pasquim, descreveu o colega da seguinte forma: "Um escritor maldito? Sei lá. Uma mente conturbada? Um Gênio do mal? Um auto-exilado? Um exilado alto? Quem sou eu pra dizer?"     

O escritor era fumante e sofria de graves problemas respiratórios. Ele foi encontrado morto pela mulher, Elisabeth, segundo o canal GloboNews  Lessa escrevia três vezes por semana para o site em português da BBC. Sua última crônica foi ao ar nesta sexta-feira e trazia uma homenagem a Millôr, morto em março deste ano.  

Assinaturas



Editora Abril Copyright © Editora Abril S.A. - Todos os direitos reservados