Televisão

'Encantador de Cães' Cesar Millan tentou suicídio por pitbull

Morte de Daddy, aos 16 anos, desestabilizou o apresentador de TV, que em seguida precisou encarar o pedido de divórcio da mulher

Cesar Millan

Cesar Millan (Tom Pennington/Getty Images/VEJA)

Ninguém duvida de que Cesar Millan, conhecido como Encantador de Cães por seu programa de mesmo nome na TV americana, é um aficionado por cachorros. O surpreendente vem agora: em um documentário que acaba de ser rodado nos Estados Unidos, o mexicano conta que tentou se matar depois de perder seu pitbull. Daddy, que tinha então 16 anos, morreu em 2010. Cesar Millan: The Real Story (Cesar Millan: A Verdadeira História, em tradução direta) será exibido no canal Nat Geo Wild dos EUA no dia 25.  "Daddy era meu Tibet, meu Himalaia, meu Buda, minha fonte de calma", já declarou Millan em uma entrevista, de acordo com o site Radar Online. "Sem ele, eu cheguei ao fundo do poço", escreveu em outra ocasião.

Como tudo sempre pode piorar, o apresentador ainda conta no documentário que, meses depois de perder o cachorro, a mulher pediu divórcio, após 16 anos de casamento.

Assinaturas



Editora Abril Copyright © Editora Abril S.A. - Todos os direitos reservados