Tarja para o tema do Charlie Sheen

Personalidade

Charlie Sheen se recupera em Chicago após fiasco em Detroit

Crítica local diz que ator satisfez, mas não maravilhou o público

Ator Charlie Sheen

Charlie Sheen fez piada de mau gosto com Detroit, quando se apresentou na cidade (Phil McCarten/Reuters)

O polêmico ator americano Charlie Sheen foi ovacionado em Chicago no domingo, um dia depois de ter sido vaiado no mesmo espetáculo em Detroit. Na apresentação de Chicago (Illinois), "Sheen parecia satisfazer, mas não deixar maravilhado, o público", afirma uma crítica do jornal The Chicago Tribune, que destacou que os espectadores da cidade gritavam "Detroit sucks" ("Detroit é um saco").

No sábado, em Detroit (Michigan), Sheen não retornou ao palco depois do intervalo do espetáculo Violent Torpedo of Truth/Defeat Is not an Option (Violento Torpedo da Verdade/A Derrota Não É uma Opção), após ter sido vaiado por quase 5.000 espectadores. 

O ator havia começado bem, mas as vaias aconteceram quando interpretou um monólogo, supostamente pronunciado de um palanque presidencial. As coisas pioraram quando Sheen tentou fazer piada sobre a reputação de Detroit, comparando a cidade a uma crise nervosa e citando os roubos de carros na localidade.

Sheen, de 45 anos, foi demitido recentemente da série Two and a Half Men por ter ofendido o produtor. A partir deste momento, se tornou uma estrela da internet: criou um show online, Sheen's Korner, e sua conta no Twitter tem mais de 3,4 milhões de seguidores.

O show Violent Torpedo of Truth tem mais de vinte datas programadas no próximo mês. Os ingressos das primeiras apresentações foram vendidos em apenas 18 minutos.

(Com agência France-Presse)

Assinaturas



Editora Abril Copyright © Editora Abril S.A. - Todos os direitos reservados