Tarja Cinema

Cinema

Anúncio falso em site do governo britânico procura 'novo James Bond'

Mensagem publicada no endereço dos serviços de informação públicos do Reino Unido diz que salário é de 60 mil libras -- cerca de 200 mil reais

  • Cena do filme '007 - Operação Skyfall'

    Divulgação

  • Cena do filme '007 - Operação Skyfall'

    Divulgação

  • Cena do filme 'Dr. No' (1962), com Sean Connery como James Bond, papel que ele faria seis vezes

    Divulgação

  • Cena do filme 'Dr. No' (1962). O agente 007 projetaria Sean Connery ao estrelato

    Divulgação

  • Cena do filme 'Moscou contra 007 ('From Russia with Love', de 1963). Sean Connery interpretou o papel de Bond com jeitão sedutor, inconfundível

    Divulgação

  • Cena do filme 'Moscou contra 007' ('From Russia with Love', de 1963)

    Divulgação

  • Cena do filme '007 contra Goldfinger' (1964)

    Divulgação

  • Cena do filme '007 contra Goldfinger'(1964), com Sean Connery, cuja carreira foi impulsionada pela franquia

    Divulgação

  • Cena do filme '007 contra a Chantagem Atômica' ('Thunderball', de 1965)

    Divulgação

  • Cena do filme '007 contra a Chantagem Atômica' ('Thunderball', de 1965)

    Divulgação

  • Cena do filme 'Com 007 Só se Vive Duas Vezes' (1967), outro estrelado por Sean Connery

    Divulgação

  • Cena do filme 'Com 007 Só Se Vive Duas Vezes' (1967)

    Divulgação

  • Cena do filme '007 a Serviço Secreto de Sua Majestade' (1969), única participação do modelo George Lazenby na franquia de James Bond

    Divulgação

  • George Lazenby foi uma aposta da Eon Productions, que detém os direitos da obra de Fleming e é responsável pelos filmes oficiais do personagem. Mas não deu certo

    Divulgação

  • Para reconduzir a franquia aos trilhos, a Eon Productions reconvocou Connery, que recebeu uma bolada pelo filme '007 - Os Diamantes São Eternos' (1971)

    Divulgação

  • Cena do filme '007 - Os Diamantes São Eternos' (1971)

    Divulgação

  • Cena do filme 'Com 007 Viva e Deixe Morrer' (1973). O primeiro dos sete longas com Roger Moore no papel de Bond

    Divulgação

  • Cena do filme 'Com 007 Viva e Deixe Morrer' (1973)

    Divulgação

  • Cena do filme '007 contra o Homem com a Pistola de Ouro' (1974)

    Divulgação

  • Cena do filme '007 contra o Homem com a Pistola de Ouro' (1974), com Moore, que ficou no papel por doze anos

    Divulgação

  • Cena do filme '007 - O Espião que me Amava' (1977)

    Divulgação

  • Cena do filme '007 - O Espião que me Amava' (1977), com Roger Moore

    Divulgação

  • Cena do filme '007 contra o Foguete da Morte' (1979), outro estrelado pelo canastrão Moore

    Divulgação

  • Cena do filme '007 contra o Foguete da Morte' (1979). Com a interpretação de Roger Moore, James Bond ganhou tom mais irônico

    Divulgação

  • Cena do filme '007 - Somente para Seus Olhos' (1981), outro da era Roger Moore

    Divulgação

  • Cena do filme '007 - Somente para Seus Olhos' (1981)

    Divulgação

  • Cena do filme '007 contra Octopussy' (1983), com o canastrão Roger Moore

    Divulgação

  • Cena do filme '007 contra Octopussy' (1983), penúltimo filme com Moore no papel de Bond

    Divulgação

  • Cena de '007 - Na Mira dos Assassinos' (1985), último longa da série com Roger Moore

    Divulgação

  • Cena do filme '007 - Na Mira dos Assassinos' (1985), último longa de Roger Moore na pele de 007

    Divulgação

  • Cena do filme '007 Marcado para a Morte' (1987), a estreia de Timothy Dalton como o agente mais famoso do cinema

    Divulgação

  • Cena do filme '007 Marcado para a Morte' (1987)

    Divulgação

  • Cena do filme '007 - Permissão para Matar' (1989), com Timothy Dalton

    Divulgação

  • Cena do filme '007 - Permissão para Matar' (1989)

    Divulgação

  • Cena do filme '007 contra GoldenEye' (1995), a estreia de Pierce Brosnan como James Bond

    Divulgação

  • Cena do filme '007 contra GoldenEye' (1995)

    Divulgação

  • Cena do filme '007 - O Amanhã Nunca Morre' (1997)

    Divulgação

  • Cena do filme '007 - O Amanhã Nunca Morre' (1997)

    Divulgação

  • Cena do filme '007 - O Mundo Não É o Bastante' (1999)

    Divulgação

  • Cena do filme '007 - O Mundo Não É o Bastante' (1999). Brosnan deu ar mais 'certinho' a Bond, que passou a tratar melhor as mulheres

    Divulgação

  • Cena do filme '007 - Um Novo Dia para Morrer' (2002)

    Divulgação

  • Cena do filme '007 - Um Novo Dia para Morrer' (2002). A despedida de Brosnan do papel teve direito até à participação de Madonna no longa

    Divulgação

  • Cena de '007 - Casino Royale' (2006), a estreia de Daniel Craig como James Bond

    Divulgação

  • Cena do filme '007 - Casino Royale' (2006)

    Divulgação

  • Cena do filme '007 - Quantum of Solace' (2008)

    Divulgação

  • Cena do filme '007 - Quantum of Solace' (2008)

    Divulgação

Foto 0 / 46

Ampliar Fotos

Uma oferta de emprego publicada no site oficial de informações sobre serviços públicos do Reino Unido colocou os britânicos em polvorosa nesta sexta-feira. Segundo o site do jornal inglês The Guardian, o anúncio procurava um "novo James Bond" e oferecia salário de até 60 mil libras -- cerca de 200 mil reais por ano. Embora o anúncio não cite o nome do agente secreto mais famoso da ficção, fica claro que se trata de uma brincadeira de um fã da série.

LEIA TAMBÉM: Daniel Craig é o Bond mais bem pago da história
Daniel Craig cansou de ser Bond, diz tabloide
Veja a crítica de 007 - Operação Skyfall

No anúncio, o cargo oferecido é o de "especialista em eliminação de alvo". "De tempos em tempos, o governo britânico tem a necessidade de remover pessoas cuja existência oferece risco à ordem pública. Precisamos de profissionais habilidosos que estejam preparados para lidar com esses problemas", diz a oferta, que se passa por um anúncio do serviço secreto de inteligência, o MI6.

A farsa só fica óbvia no fim do texto, que promete ao empregado equipamentos como "jet packs e mini-submarinos, além de uma arma Walther PPK", famosa por ser usada por Bond nos filmes. A oferta diz ainda que o trabalho é perfeito para aqueles que "gostam de seu martini batido, não mexido", assim como o agente secreto criado por Ian Fleming.

Assinaturas



Editora Abril Copyright © Editora Abril S.A. - Todos os direitos reservados